Divulgação
Divulgação

Asfalto instantâneo em saco é a aposta de empreendedor

Criada por catarinense há dez anos, empresa fatura R$ 3 milhões por mês e agora tenta conquistar presença nacional com a atração de franqueados

Renato Jakitas, Estadão PME,

30 de novembro de 2014 | 10h00

De olho na carência brasileira por investimentos em infraestrutura, o empresário catarinense Jorge Coelho injetou R$ 9 milhões em uma franquia de asfalto instantâneo, comercializado em sacos de 25 quilos. O nome da empresa é Único Asfaltos, uma operação que existe há 10 anos, mas que somente agora decidiu apostar no modelo de franchising para ganhar escala.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O negócio surgiu após Coelho tomar contato com a tecnologia de asfalto a frio nos EUA. “Vi o produto em uma feira em Miami e percebi o potencial dele no Brasil”, conta o empresário que, desde então, desenvolveu uma fórmula própria e vem testando formatos de comercialização. “Já tentei vender no varejo e tocar por conta a parte comercial. Mas esse é um produto que, no Brasil, precisa de um trabalho de venda ativa. O franqueado é a melhor solução”, diz o empresário, que hoje fatura R$ 3 milhões por mês e fornece para cerca de 90 municípios.

“Nosso produto é um composto químico que, ao ser aplicado no instante da produção de um asfalto comum, preserva as particularidades do produto por até dois anos e, depois, pode ser aplicado a frio. A gente vê potencial de venda para prefeituras e departamentos de água que, por questões de escala, não são atendidos pelas usinas tradicionais”, afirma Coelho. Uma franquia da marca custa R$ 300 mil e pode ser explorada em um raio de 100 quilômetros a partir do endereço do investidor. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.