Celular: Apple perde vantagem no setor

Celular: Apple perde vantagem no setor

Samsung se destaca com portfólio e atendimento. Motorola tem loja para PMEs

Redação, O Estado de São Paulo

30 de agosto de 2019 | 06h00

Embora em queda no índice de satisfação das PMEs, a Apple se mantém na liderança no mercado de celulares pelo terceiro ano consecutivo. Vale notar que a diferença entre 2018 e 2019 é expressiva: de 94 pontos no ano passado, a empresa norte-americana marcou 72 pontos na edição atual. A Samsung, por outro lado, teve a mesma pontuação do ano passado, quando era a quarta colocada, com 68 pontos positivos no índice, e passou a ocupar a segunda posição. Produtos e serviços, bem como sua reputação no mercado, seguem sendo os critérios mais valorizados.

Confira o especial multimídia com os vencedores do Escolha PME 2019

Já entre as marcas apontadas como objeto de desejo, a situação se inverte entre as fornecedoras. A Samsung continua na frente desse quesito, com 42% das respostas, pontuação igual à registrada pela pesquisa no ano anterior. A empresa da maçã, por sua vez, chegou a 34% da preferência, ultrapassando a Motorola, que passou para a terceira posição, com 14%.

Vice-líder destaca portfólio e atendimento

Na busca por atender às demandas dos pequenos e médios empresários, a Samsung, vice-líder da categoria, atua em duas frentes: variedade de produtos e atendimento personalizado. “Ter um leque de possibilidades é importante porque entendemos que cada empresa usa a tecnologia de forma diferente em seu dia a dia”, avalia Loredana Sarcinella, diretora sênior de Marketing de dispositivos móveis da Samsung.

Em relação ao atendimento, a companhia sul-coreana investe na capacitção da equipe que lida com o segmento corporativo. “Preparamos consultores especializados e procuramos entender o perfil de cada uma das empresas, para entregar aparelhos e soluções de acordo com as necessidades de cada uma delas”, diz a executiva. Loredana diz ainda que a marca busca conhecer as seus clientes corporativos por meio de estudos. “Empreendedores de diferentes setores precisam de soluções específicas. Acredito que nós entendemos esse mercado e conseguimos entregar o que o cliente espera”, completa.

Motorola tem loja para PMEs

Em terceiro lugar por três anos consecutivos, com 65 pontos no índice de 2019, a Motorola avalia que seu desempenho linear se deve aos investimentos da empresa no desenvolvimento de produtos com qualidade e durabilidade, à sua ampla rede de assistência técnica e, em especial, aos canais de atendimento ao cliente, que inclui um e-commerce voltado ao setor empresarial.

“Para pequenas e médias empresas, oferecemos uma loja online para que seja possível comprar produtos sem burocracia ou intermediários. As empresas recebem os produtos em qualquer lugar do país com a garantia de um produto comprado na loja”, diz James Mattos, gerente de Vendas Corporativas da Motorola.

Segundo o executivo, a marca também envia exclusivamente aos pequenos e médios empresários promoções, ofertas de produtos e lançamentos em primeira mão.

Mattos afirma ainda que a prioridade para os próximos anos é investir na melhoria dos canais de atendimento ao cliente. “Para isso, fazemos pesquisas direto com o consumidor, via smartphone, tendo um retorno rápido quanto às necessidades dos usuários”, garante

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.