Aplicativo é gratuito
Aplicativo é gratuito

Aplicativo quer ser uma espécie de Google Maps dos salários nas cidades do mundo

Aplicativo sugere dividir as cidades pelos salários pagos aos profissionais que atuam no mesmo segmento de atividade

Nathalia Larghi, Especial para o Estado,

04 de novembro de 2015 | 19h06

Nos últimos anos um sem número de startups tem se dedicado a apresentar soluções para o nicho de recursos humanos e mercado de trabalho. Nessa linha, um aplicativo recentemente lançado nos Estados Unidos sugere dividir as cidades pelos salários pagos aos profissionais que atuam no mesmo segmento de atividade.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

Utilizando o suporte do Google Maps, o WageSpot aponta quanto ganha, por um exemplo, um administrador de empresas ou engenheiro de softwares em Manhattan ou no Brooklyn.

O aplicativo é gratuito e nele os usuários podem colocar informações anônimas sobre seus salários, experiências e satisfação no trabalho. Essas informações são acopladas a um mapa, de acordo com a posição do usuário conectado ao aplicativo. A partir daí todos os dados coletados ficam organizados por geolocalização. Dessa forma, o empregador tem a possibilidade de buscar o tipo de talento que procura, além de poder ver qual a média salarial da área e, assim, oferecer um valor competitivo.

Empresas startups que ainda estão procurando pontos de locação também podem usar o mapa para identificar talentos na mesma região. 

O WageSpot está levantando fundos através de crowdfunding no Kickstarter, plataforma online de financiamento coletivo. A ideia é cobrir os gastos da licença do mapeamento do Google. O objetivo da plataforma é ajudar a formar um mercado salarial justo, usando dados anônimos que beneficiam, simultaneamente, os empregadores a atrair talentos e melhorar sua imagem. 

Parecidas. Uma plataforma semelhante é a brasileira Love Mondays, fundada por Luciana Caletti e pelos irlandeses Dave Curran e Shane O´Grady. Trata-se de uma comunidade online de carreiras na qual funcionários enviam anonimamente seus dados e opiniões que são compartilhados no site. No Love Mondays os usuários podem encontrar a média salarial de um cargo em determinada empresa e a satisfação dos funcionários que trabalham nela. 

O site americano Glassdoor também entra na lista de plataformas que reúnem dados empregatícios. Fundado em 2008, o Glassdoor publica anonimamente resenhas sobre empregadores, companhias e cria rankings de avaliação.


Tudo o que sabemos sobre:
aplicativoestadão pme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.