Aplicativo aumenta velocidade da internet móvel misturando wi-fi, 3G e 4G

Sholace pode criar polêmica no setor de telefonia por promover também economia de dados

Estadão PME,

09 de janeiro de 2015 | 12h15

 A Shoelace Wireless, empresa formada por alunos da universidades da Califórnia, Irvine, e a Escola Politécnica Federal de Lausanne, da Suíça, desenvolveram um aplicativo que utiliza partes dos sinais de internet wi-fi, 3G ou 4G para acelerar a navegação do usuário na rede por meio de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, além de promover economia no consumo de dados.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Isso é possível porque o aplicativo, batizado de Netup e que funciona no sistema operacional Android, do Google, compõe um conjunto de sistemas que combinam os sinais de internet de acordo com a disponibilidade das redes no momento do acesso. Ou seja, se no local onde o usuário acessa a internet os sinais móveis como o 3G, por exemplo, está fraco, o aplicativo incrementa a banda larga necessária para uma navegação sem interrupções com um sinal de wi-fi mais próximo.

Apesar de promissora, a tecnologia do Shoelace pode criar uma polêmica entre as operadoras de telefonia móvel. A combinação de sinais feita pelo aplicativo promove uma economia de dados e isso pode impactar no modelo de negócios dessas empresas.

Para desenvolver a aplicação em maior escala, as universidades criaram uma campanha de financiamento coletivo no site Kickstarter, com o objetivo de arrecadar US$ 20 mil até o final de janeiro deste ano. Até esta sexta-feira (09), o projeto conseguiu pouco mais de US$ 5 mil.

 

 :: Confira uma demonstração, em inglês, do funcionamento do aplicativo ::

Tudo o que sabemos sobre:
MobilidadeAplicativoAndroid

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.