REPRODUÇÃO DO SITE
REPRODUÇÃO DO SITE

Amigas investem em negócio para vender caveiras de gesso estilizadas

São modelos coloridos e feitos em parceria com ilustradores, grafiteiros e artistas plásticos

GISELE TAMAMAR, ESTADÃO PME,

25 de outubro de 2012 | 11h20

As amigas Renata Bosco e Juliana Boscardin embarcam neste domingo, dia 28, para o México com objetivo de conhecer e vivenciar o Dia dos Mortos, o feriado mais importante do País. A viagem servirá de inspiração para o negócio das empresárias, a Art’nSkull, que comercializa uma linha de caveiras estilizadas. São peças coloridas produzidas pelas empresárias e outras feitas em parceria com ilustradores, grafiteiros e artistas plásticos.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A vontade de conhecer o México sempre foi presente na vida das amigas e coincidiu com o negócio atual. "Vamos passar dez dias no México, tirar muitas fotos e buscar inspiração", conta Renata, que trabalha como diretora de arte. Durante as festividades, os moradores enfeitam suas casas e fazem comidas típicas. Trata-se de uma festa colorida e alegre.

"Sempre gostamos de caveira e começamos nosso negócio antes da moda de caveira bombar", conta Renata. A ideia de montar a empresa surgiu por acaso. Renata comprou uma caveira de gesso e teve a ideia de pintar de rosa. Os amigos gostaram e começaram a fazer pedidos. "Começamos a vender aos poucos e o público foi crescendo", diz a diretora de arte.

O negócio se concretizou no meio do ano passado, mas começou a ganhar força este ano. As caveiras podem ser compradas na loja coletiva Cada Qual (Rua Augusta, 2.171) ou no site da Art´nSkull. As peças custam entre R$ 40 e R$ 300. As peças mais caras são feitas em parceria com os artistas. Até o pai de Renata ajuda nos negócios. É ele quem pinta as caveiras estilo mexicana. O investimento inicial para montar a empresa foi de R$ 4 mil, valor necessário para fazer o site, cartões, logotipo e material. A loja aceita encomendas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.