Helvio Romero/ AE
Helvio Romero/ AE

Alimentação balanceada ajuda a melhorar desempenho no trabalho

Hábitos alimentares ruins refletem na produtividade e na saúde

Estadão PME,

02 de setembro de 2011 | 23h00

A rotina atribulada de quem está à frente de um negócio pode refletir na saúde. A escassez de tempo e a grande quantidade de demandas a serem resolvidas favorecem a criação de hábitos inadequados de alimentação.  De acordo com a nutricionista Mariana Pizzoccaro, uma dieta sem equilíbrio culmina na falta de energia e no aumento do cansaço.  A longo prazo, não fazer as refeições corretamente pode acarretar em uma série de prejuízos.

::: QUIZ: Você se alimenta corretamente?

“A saúde é a principal afetada e problemas graves como obesidade e hipertensão podem surgir. Além disso, quem come bem tem mais disposição, dorme melhor, tem mais energia e fica menos vulnerável a problemas de saúde que vão desde uma gripe à complicações mais delicadas, como problemas cardiovasculares”, explica a profissional.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Regularidade

A falta de tempo e de opções de lugares que ofereçam refeições equilibradas não é desculpa para evitar  protelar uma  alimentação balanceada. Segundo Mariana, basta um pouco de disciplina para driblar esses inconvenientes. O primeiro cuidado a ser tomado, segundo ela, é manter a regularidade da ingestão de alimentos a cada três horas.

“Empresários têm tantos compromissos que muitas vezes pulam as refeições, o que é péssimo para o organismo. Além de o corpo não receber todas as vitaminas e nutrientes necessários, pode haver perda de peso ou até mesmo o inverso, pois a pessoa fica com mais fome e tende a comer muito mais do que necessita se passa longos períodos sem comer”, diz. 

De acordo com a especialista, o ideal é jamais sair de casa sem tomar café da manhã.  “A primeira refeição do dia é extremamente importante. É ela quem garante energia para o dia. Ficar longos períodos sem comer também deixa o metabolismo mais lento, o que pode gerar excesso de peso”, explica Mariana.

Moderação

 Outra recomendação é manter o foco no mix de combinações de alimentos.  Mesclar proteínas, carboidratos (de preferência os integrais), legumes, verduras, hortaliças e frutas garante a ingestão de nutrientes para o corpo e consequentemente o organismo fica mais fortalecido. “Não recomendo dietas rigorosas e restritivas demais. O ideal é um manter um equilíbrio. Chocolates, frituras e até mesmo a bebida alcoólica podem ser consumidos, mas sempre com muita moderação”, diz.

Revisão de hábitos

Mudar a rotina alimentar não é uma tarefa fácil. No entanto, passar por essa etapa trará uma série de benefícios ao corpo e a mente.  De acordo com a especialista,  simples substituições no cardápio ajudam no processo. “Trocar o refrigerante por sucos naturais ou água vai melhorar a digestão e prevenir cálculo renal”, diz.  Evitar salgadinhos e biscoitos e consumir mais barras de cereais, oleaginosas (3 ou 4 unidades de nozes, amêndoas ou castanhas) e frutas desidratadas também é recomendado. “Praticar exercícios e consumir complexos vitamínicos para suprir a falta de nutrientes são medidas simples que impactam na saúde e no bem estar”, finaliza Mariana.

::: LEIA TAMBÉM :::

:: Corrida noturna para aliviar o estresse::

:: Exercícios ajudam a melhorar desempenho profissional ::

:: Conheça a rede de fast food saudável ::

:: Vídeo: alimentação saudável ajuda o empresário ::

Tudo o que sabemos sobre:
SaúdeTrabalhoNegócios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.