Beto Barata/AE
Beto Barata/AE

Abílio Diniz critica a criação de ministério para pequenas empresas

Para empresário, governo precisa dar mais atenção aos pequenos negócios e criar iniciativas para reduzir custos e burocracia

Ligia Aguilhar, Estadão PME,

16 de novembro de 2011 | 20h48

O presidente do conselho de administração do Grupo Pão de Açúcar, Abílio Diniz, criticou, nesta quarta-feira, 16, a criação de um ministério para pequenas e microempresas e afirmou que o governo precisa dar mais atenção aos pequenos negócios. “Não sei se o País precisa de mais um ministério. Já temos 37 e não imagino como um líder pode lidar com tantos subordinados”, disse o empresário.

Para ele, mais importante do que a criação de um ministério é o desenvolvimento de iniciativas para reduzir os custos e a burocracia que envolvem a administração de pequenas empresas. “O governo não pode atrapalhar, ele precisa entender as necessidades dos empreendedores.”

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Diniz opinou ainda sobre o convite feito pela presidente Dilma Rousseff para  a empresária Luiza Trajano, presidente do Magazine Luiza, assumir a pasta. “A Luiza é uma pessoa que eu admiro muito. Ela é batalhadora, articulada, motivadora de equipes e  tem muito bom senso. Se realmente for ela a escolhida para o cargo, será uma boa decisão”, disse.

As declarações do empresário foram feitas em um encontro com donos de pequenas e médias empresas promovido pelo Estadão PME, na sede do Grupo Estado, para troca de experiências.  Durante o evento, Diniz  falou também sobre outros assuntos, como gestão, os desafios de uma empresa em crescimento, retenção de talentos e carga tributária.  A íntegra do encontro será publicada no dia 30 de novembro, junto com a  próxima edição do caderno Estadão PME.

::: LEIA TAMBÉM :::

:: Para dono do Habib's, ter preço baixo não é suficiente para o sucesso ::

::  Luiza Trajano: "Ter uma boa ideia é muito mais difícil do que dinheiro"::

:: Alexandre da Costa, dono da Cacau Show: "a gente nunca chega lá" ::

::  Carlos Martins, da rede Wizard: pense grande, comece pequeno ::

:: 5 dicas de José Carlos Semenzato para sua empresa fazer sucesso ::

Tudo o que sabemos sobre:
Abílio DinizMinistérioEconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.