Divulgação
Divulgação

Abacaxi obtido por método raro é vendido na Inglaterra por R$ 39 mil

Fruta exótica, produzida em fossos abastecidos diariamente com estrume e urina de cavalos, é a mais cara do mundo

Estadão PME,

16 de outubro de 2014 | 13h24

O abacaxi é uma fruta que já foi símbolo de hospitalidade, amizade e muitos outros significados ao redor do mundo. Fruta tropical, ele hoje é encontrado em todas as partes do planeta graças à globalização. No entanto, nem mesmo em lugares mais gélidos e improváveis um abacaxi deve custar o mesmo que o cultivado por um grupo de pequenos agricultores ingleses. Uma única fruta que cresce à moda de Pentewan, no sul da Inglaterra, pode custar o equivalente a R$ 39 mil.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Não se trata de uma variedade rara. O motivo do preço absurdo é o método de cultivo da fruta. Os agricultores utilizam os chamados 'fossos de abacaxi', uma técnica que remonta à era Vitoriana (1837-1901). 

Estes fossos de 12 metros de comprimento e 1,2 metro de profundidade se parecem com estufas e são abastecidos regularmente com estrume e urina de cavalo, cuja decomposição libera o calor necessário para o cultivo da fruta em um clima pouco propício. Tamanha mão de obra e dedicação justificariam o preço extravagante do abacaxi.

A técnica dos fossos vitorianos foi abandonada no final da primeira guerra, mas ressurgiu no início dos anos 90 pelas mão de pequenos agricultores. Embora a forma de se manter a estufa seja chamativa, não há contato entre a fruta e os excrementos animais, nem o gosto parece ser perturbado pela companhia, digamos, suspeita. 

Exatamente um desses abacaxis vitorianos foi escolhido como presente à Rainha Elizabeth por ocasião das comemorações dos seus 50 anos de reinado, em 2002.

Via Bornrich.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.