Richard Perry/The New York Times
Richard Perry/The New York Times

A vida dura de Joshua Kushner, o empreendedor da família Trump

Cunhado de Ivanka Trump, ele se prepara para 'um vendaval' chamado Donald Trump e os possíveis impactos no futuro de suas startups

Katie Benner, The New York Times

19 de janeiro de 2017 | 14h02

Dias depois da eleição presidencial, um jovem investidor de risco convocou uma reunião de emergência com sua equipe.

“Preparem-se para um vendaval de publicidade”, disse ele, em uma das startups que ajudou a fundar. “Surgirão perguntas sobre sua afiliação política. Perguntas sobre a possibilidade de sobrevivência da startup”, que é uma empresa de seguro saúde, a Oscar Health. O mundo está prestes a mudar, afirmou.

O jovem investidor é Joshua Kushner, cujo irmão mais velho é Jared Kushner, - marido de Ivanka Trump e uma das pessoas mais próximas do presidente eleito Donald Trump. E a reunião na Oscar Health foi somente o início de um novo e perturbador capítulo para Joshua.

Aos 31 anos ele criou sua empresa de investimento em tecnologia, a Thrive Capital, que financiou o aplicativo de compartilhamento de fotos Instagram e a empresa de e-commerce Jet.com, entre outras - na maior parte atuando nos bastidores, não aparecendo muito no momento de realizar seus negócios. Mas com o irmão cada vez mais numa posição de destaque e um papel importante no próximo governo, Joshua agora começa a ser também mais observado. Os dois mundos estão em colisão.

Nas semanas posteriores à eleição, Joshua Kushner deparava com muitas dúvidas com relação à Oscar Health. A empresa, um dos mais importantes investimentos feitos por ele, vende planos de saúde com base na lei promulgada por Obama que criou o chamado Obamacare. Trata-se de uma lei cujo destino seu irmão Jared Kushner está numa posição excepcional para influir, já que é o principal assessor do presidente eleito, e isto deixa o irmão mais novo e a sua startup numa situação difícil.

Ao mesmo tempo, Joshua vem precisando responder a perguntas de investidores que integram seus fundos de capital de risco e querem saber como a ascensão de Trump influirá no seu trabalho. Alguns se perguntam se ele irá para a Casa Branca. Outros se mostram preocupados de que sua ligação com pessoas próximas da presidência desvie sua atenção dos negócios, especialmente porque, diante dos vínculos com seu irmão será difícil para ele se manter à distância.

Joshua tem tranquilizado os investidores, afirmando que continua comprometido com o Thrive, fundo com sede em Nova York e que já acumula quase US$ 5 bilhões em investimentos feitos por pessoas abastadas, fundações e dotações de universidades como Princeton, Harvard e Yale. Para alguns gestores financeiros, mesmo uma ligação vaga com um presidente pode abrir portas que do contrário seriam fechadas, mas Joshua disse aos investidores que está determinado a evitar qualquer envolvimento na política.

Até agora ele teve sucesso na trajetória diferente do resto da família que seguiu. Enquanto Jared e uma das suas irmãs, Nicole, trabalharam nas empresas da família, no setor imobiliário, Joshua seguiu outro caminho, fundando startups de tecnologia e depois atuando na área de investimentos de risco.

Até agora o dinheiro aplicado por membros da família representa menos de US$ 5 milhões nos seus fundos de investimento de risco. Jared está se desvencilhando das suas ações no fundo Thrive devido à sua mudança para a Casa Branca. A família Trump não tem aplicações no fundo.

Não quer dizer que Joshua não seja próximo da família. Ele é bastante ligado aos pais e às duas irmãs e também a Jared (quatro anos mais velho) e à filha de Trump, à qual se refere como irmã, não cunhada. 

Embora os irmãos sejam vistos pelos amigos e colegas como workaholics ambiciosos, com relações com corretores influentes, sob muitos aspectos eles seguiram caminhos diferentes. Jared se tornou uma figura cada vez mais pública desde que se tornou o rosto da empresa imobiliária da família, a Kushner Companies, e adquiriu a empresa Observer Midia. O jornal da empresa, 'The New York Observer', criou um mito em torno de personagens de grande influência na esfera pública e imobiliária em uma geração de nova-iorquinos. Jared com frequência é fotografado em eventos sociais com Trump e atualmente é visto com frequência nos bastidores das reuniões com o presidente eleito.

Joshua Kushner, por seu lado, é uma pessoa discreta. Embora namore a modelo Karlie Kloss há quatro anos , raramente é visto em público com ela. Não participa de festas e não bebe. Ao contrário de muitas pessoas que atuam na área de investimentos de risco, ele não tem um blog e postagens no Twitter são raras.

“Muitos magnatas adoram citar pessoas famosas em seu círculo, falar sobre suas férias e atraí-lo mostrando a que ponto sua órbita é repleta de estrelas. Mas não é o caso de Joshua”, disse Patrick Collison, executivo da Stripe, startup de pagamentos via celular em San Francisco e na qual Kushner investiu.

Joshua não quis gravar entrevista para este artigo e o porta-voz de Trump não fez comentários. Em entrevista, a mulher de Jared disse que “ele e Joshua têm uma relação muito especial, definida por um grande amor, admiração e respeito mútuo”./ Tradução de Terezinha Martino

Tudo o que sabemos sobre:
EmpreendedorismoDonald Trump

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.