Reuters
Reuters

A partir de hoje, micro e pequenas empresas têm de informar valores de impostos ao consumidor

Sebrae oferece planilha que calcula percentuais a serem divulgados; medida vale a partir de hoje

ESTADÃO PME,

06 de outubro de 2014 | 16h25

A partir desta segunda-feira (6), micro e pequenas empresas precisam informar ao consumidor os percentuais dos impostos federal, estadual e municipal que incidem sobre seus produtos e serviços.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A determinação está prevista na Lei do Imposto na Nota (lei 12.741, de 2012), criada para informar o cidadão sobre o peso dos impostos em suas compras. A lei foi regulamentada por decreto em junho deste ano. Segundo a norma, devem ser divulgados sete impostos que influenciam os preços de mercadorias e serviços: ICMS, ISS, IPI, IOF, PIS/Pasep, Cofins e Cide.

Para os Microempreendedores Individuais (MEI), a divulgação dessas informações é facultativa.

Para ajudar a fazer essa conta, os sites do Sebrae e da Secretaria da Micro e Pequena Empresa disponibilizam uma planilha que calcula o percentual dos impostos a serem divulgados, já organizado de acordo com o tributante (União, Estado e Município), conforme determinado pela lei. Através da ferramenta, o empreendedor também pode gerar um cartaz, para ser afixado em seu estabelecimento.

Os empreendedores também podem buscar a orientação de seus contadores. No caso das empresas que já emitem nota fiscal eletrônica, a adaptação à lei é simples. Basta inserir um campo adicional na nota fiscal com essas informações, o que deve ser solicitado à fabricante do software de emissão da nota. 

Tudo o que sabemos sobre:
ImpostoNotaSebrae

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.