Co.Exist/Divulgação
Co.Exist/Divulgação

A cidade de Melbourne, na Austrália, pode ganhar uma praia artificial

A ideia é aproximar moradores do litoral, que fica a uma hora de distância

Estadão PME,

03 de dezembro de 2014 | 07h09

A cidade de Melbourne, na Austrália, não tem praia, mas pode ganhar uma opção artificial no meio da cidade, no antigo bairro industrial Docklands. A ideia é aproximar os moradores do litoral, que fica a uma hora da metrópole, e proporcionar momentos de interação com o mar após o trabalho ou nas pausas para o almoço e lanche.

“É uma forma de a cidade abraçar a água e o mar de formas que seriam impossíveis no dia a dia, e deixar o surf mais acessível para os moradores de Melbourne”, explica o arquiteto que encabeça o projeto, Damian Rogers, ao portal Co.Exist.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + :: 

O novo parque flutuante deve ser construído em uma baía que foi utilizada para transporte marítimo no passado. Com o tempo, a região foi tomada por casas, edifícios e escritórios, mas não há nenhum parque nas imediações.  “A cidade está gritando por mais espaços públicos”, garante Rogers.”Há um trecho de água considerável separando os diferentes ‘braços’ de Docklands, e vimos uma oportunidade de conectá-los. É um lugar acessível para caminhadas.”

O projeto ainda está em processo de avaliação e desenvolvimento de design e engenharia. O arquiteto idealizador da proposta acredita que ela será viabilizada em breve. “Será um novo parque público na cidade. Há um poder na voz da população e acredito que as pessoas tenham interesse nesse tipo de ideia”, conclui.

 

Tudo o que sabemos sobre:
MelbourneAustráliapraiaEstadão PME

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.