Monica Bento/AE
Monica Bento/AE

95% das micro e pequenas empresas realizaram pagamentos dentro do prazo e evitaram calote

Levantamento da Serasa Experian mostra melhora da situação financeira das empresas de pequeno porte

ESTADÃO PME,

24 de abril de 2012 | 08h23

 Apenas 5% dos pagamentos realizados pelas micro e pequenas empresas não foram realizados dentro do prazo estipulado durante o mês de março, afirma relatório divulgado nesta terça-feira, dia 24, pela Serasa Experian. De acordo com a empresa, a cada mil pagamentos feitos pelos empreendedores, 950 foram quitados dentro do prazo ou com atraso máximo de sete dias, o que não considera inadimplência.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google+ ::

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve avanço de 0,7 ponto porcentual na pontualidade dos pagamentos. De acordo com a empresa, trata-se do quarto mês consecutivo de alta interanual do indicador, o que sinaliza que a situação financeira das empresas de pequeno porte está melhorando.

Ainda segundo a Serasa, em março de 2012, o valor médio dos pagamentos pontuais cresceu 8,2% em relação a fevereiro deste ano, atingindo R$ 1.842. Na comparação com março de 2011, o crescimento foi de 35,8%. As empresas de serviços registraram, em março de 2012, o maior valor médio dos pagamentos pontuais (R$ 2.125), seguido pelas empresas comerciais (R$ 1.835) e pelas empresas industriais (R$ 1.705).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.