Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

5 histórias de empreendedorismo inspiradoras para você abrir o seu próprio negócio

Conheça as histórias de pequenos empresários que superaram obstáculos e hoje têm empresas de sucesso

Estadão PME,

17 de março de 2013 | 11h35

 A pessoa nasce ou adquire ao longo da vida o impulso empreendedor? Não existe resposta certa ou errada para a pergunta ao tomar como base o caminho trilhado por cinco pequenos empresários que hoje estão à frente de empresas bem sucedidas. Nelson Lisot, fundador da marca de eletroportáteis Cadence, talvez não tivesse saído da roça e erguido uma empresa com faturamento de R$ 215 milhões ao ano se não agarrasse a oportunidade que o motivou a abrir a empresa, no Rio Grande do Sul.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Já a química Wang Shu Chen poderia ter sucumbido ao sofrimento com o diagnóstico de que possuía 30% menos glóbulos brancos no sangue em decorrência da exposição a solventes, problema adquiro ao trabalhar anos como pesquisadora em uma multinacional. Mas não. Ela deixou o emprego e desenvolveu uma cola sem solventes. Hoje sua empresa, a Adespec - Adesivos Especiais, fatura R$ 12 milhões.

O Estadão PME selecionou cinco histórias inspiradoras de quem superou adversidades e acreditou no potencial de suas ideias. Confira:

Da roça aos eletroportáteis

Nelson Lisot é fundador da marca de eletroportáteis Cadence. Aos 14 anos, começou a trabalhar na roça ajudando a família, que vivia da viticultura. Ao completar 18 anos, o gaúcho de Santa Lúcia do Piaí, deixou a roça e foi para Caxias do Sul estudar administração de empresas.

>> Confira a história do empreendedor

Problema de saúde inspirou solução lucrativa

Empreender foi para a engenheira química Wang Shu Chen uma questão de saúde. Depois de trabalhar anos como pesquisadora do setor químico, um exame apontou que ela estava com 30% menos glóbulos brancos no sangue em decorrência da exposição a solventes. “A solução foi deixar o emprego e buscar apoio para desenvolver uma cola sem solventes”, conta Wang.

>> Confira a história da empreendedora

Produtos orgânicos 

No Rio de Janeiro, um grupo de amigos adeptos da alimentação a base de orgânicos decidiu criar um e-commerce para oferecer esse tipo de produtos. “Antes de montar o Organomix, passamos cerca de oito meses fazendo pesquisa de mercado com produtores e consumidores”, diz Marcelo Schiaffino, um dos sócios.O empresário conta que o resultado da pesquisa apontou o drama dos produtores para comercializar os alimentos de forma rentável. Já do lado do consumidor, as principais reclamações eram relacionadas ao custo do produto e à dificuldade de encontrá-los, porque a distribuição era muito pulverizada.

>> Leia essa história de sucesso

Sem pressa para crescer

O engenheiro Marcelo Tessler criou sua empresa de gerenciamento de obras, a Tessler Engenharia, há 17 anos. A oportunidade de começar o negócio apareceu quando a empresa onde ele trabalhava decidiu parar de atender uma multinacional de cinemas que estava começando no Brasil, a Cinemark.  “Como eu havia gerenciado a primeira obra, ainda pela outra empresa, eles me convidaram para trabalhar direto para eles e acabei montando a empresa com mais um engenheiro”, conta.

>> Como crescer sem pressa

Rodoviária serviu como casa

O empresário Ivo Machado nasceu em Cachoeira de Minas, em Minas Gerais. Mas trilhou seu caminho empreendedor em São Paulo. O mineiro é proprietário da In2Sec, empresa especializada em inteligência aplicada à segurança da informação. Com pouco mais de seis anos de fundação, a In2Sec atende empresas brasileiras de todos os portes e de diversas áreas, além de possuir dois clientes internacionais.

>> Mas o que isso tem a ver com uma rodoviária? Confira!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.