Thiago Queiroz/AE
Thiago Queiroz/AE

17 dicas para você se dar bem em cinco setores promissores da economia

 Para ajudar você a prosperar com seu negócio - ou para crescer com a pequena empresa que já administra - o Estadão PME selecionou 17 dicas de cinco setores promissores. Há informações sobre o setor de bares, alimentação saudável, casamentos, compras pela internet e padarias. Confira as dicas. E bons lucros.

ESTAdão pme,

11 de março de 2012 | 11h09

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Bares

O setor se profissionalizou e, por isso, os donos desses estabelecimentos precisam assumir cada vez mais a condição de empresas.

Dica 1 - É fundamental atender bem

A boa relação dos funcionários com os clientes é fundamental. No bar Albanos, de Belo Horizonte, os funcionários recebem, inclusive, um manual de procedimentos. "Esse tipo de cuidado fortalece a filosofia da empresa e se reduzem as reclamações", afirma Rodrigo Ferraz, dono do bar.

Dica 2 - Organize os setores de atuação

A complexidade logística dos bares exige organização para o bom funcionamento do local. Setorizar áreas e definir responsáveis por elas evita problemas. Por isso, gerenciar o negócio dessa maneira agiliza o trabalho a ser feito.

Web popular

Não duvide. O aumento de renda da população das classes C e D, observado nos últimos anos no País, provoca atualmente uma nova onda de consumo, desta vez, pela internet.

Dica 3 - Administração deve ser única

A maior parte das pequenas e microempresas reconhece a importância do comércio virtual, mas ainda desconfia do potencial do setor. Ter clareza de que uma loja virtual é diferente da física ajuda na gestão do negócio. Por isso, é preciso evitar a mistura de estoques entre a sua loja virtual e física sob o risco de vender o que não pode entregar.

Dica 4 - Montar um site custa R$ 6 mil

O investimento para montar uma loja virtual gira em torno de R$ 3 a R$ 6 mil. Existem, no entanto, as redes sociais que permitem que o e-commerce seja feito sem dificuldades pelos empreendedores.

Dica 5 - Ofereça muita informação

O consumidor deve receber o máximo de informações sobre a compra na internet. É preciso esclarecer, por exemplo, a respeito da política de trocas e entregas. Isso confere transparência à relação comercial e ajuda a fidelizar os clientes.

Dica 6 - Estratégia para atrair os clientes

Depois de entrar no comércio eletrônico, é preciso ganhar visibilidade e conquistar clientes. Contar com a ajuda de especialistas torna essa tarefa menos árdua e com cerca de R$ 2 mil é possível contratar ações de marketing online.

Padarias

Hoje elas mudaram. E buscam diversificar a oferta de produtos para crescer e enfrentar a feroz concorrência.

Dica 7 - O lucro está dentro da cozinha

A conveniência gera movimento, mas o lucro da panificadora está no portfólio de itens produzidos ou transformados em sua lanchonete ou dentro da cozinha industrial. Quanto mais independente, mais rentável será a padaria.

Dica 8 - O cliente adora uma novidade

Não importa o tamanho do empreendimento ou o local onde ele está instalado, o empresário que ignorar a tendência de oferecer serviços e produtos variados fatalmente ficará para trás. A inovação é a principal saída para o crescimento do setor.

Dica 9 - Fique atento aos vizinhos

Quase ninguém é capaz de cruzar a cidade para comprar pão. Assim, o público da panificadora fica restrito a alguns poucos quarteirões do entorno. Por isso, procure conhecer bem seus clientes e deixe o seu negócio com a 'cara' do vizinho.

Dica 10 - Tudo começa pelo ponto

A padaria é tida pelos especialistas em varejo como a loja de conveniência do brasileiro. Assim, estar estratégicamente localizado é fundamental. Opte por ruas e avenidas movimentadas, endereços que mantenham em evidência o seu negócio.

Alimentação saudável

A busca pelos alimentos certos tornou-se uma preocupação mundial. E também é uma ótima chance para você empreender.

Dica 11 - Cuidado com a logística

Os restaurantes, ainda mais neste segmento de comida saudável, precisam fazer compras com frequência pois trabalham sempre com produtos perecíveis.

Dica 12 - Atenção com a sazonalidade

A oferta de legumes e verduas varia muito durante o ano. Por isso, todo cuidado é pouco, afinal, isso interfere na qualidade e no preço de alimentos.

Dica 13 - Lucro difícil

Com logística complexa e custos variáveis, é preciso ter gestão ajustada do empreendimento para garantir boa margem de lucro para o empreendedor.

Setor de casamentos

O segmento deve movimentar R$ 14 bilhões em 2012 no País. E a melhor notícia é que é possível aproveitar esse promissor mercado.

Dica 14 - Disputa acirrada pede foco

A empresa não pode tratar o mercado de casamentos como atividade paralela. Para atender bem as expectativas dos noivos e não ser engolido pela concorrência, é importante se especializar e acompanhar as tendências.

Dica 15 - Defina o perfil dos noivos

Já existem muitas empresas em atividade no setor. Dessa maneira, para se diferenciar e conseguir empreender com sucesso no ramo, você deve definir o perfil dois noivos com quem vai trabalhar e apostar em soluções inovadoras que agradem a este público.

Dica 16 - Sem chance para você errar

Apesar de exigir meses de preparação, o dia do casamento é um só. Por isso, as empresas do ramo precisam de profissionalismo e só devem aceitar pedidos que possam cumprir. Ter um plano de contingência é fundamental para evitar problemas.

Dica 17 - Renovar para sobreviver

os noivos adoram uma novidade e aderem rápido às tendências. Na era da informação, o empresário precisa batalhar para estar mais informado do que o cliente. Além disso, deve estar preparado para atender as novas solicitações de forma rápida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.