As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cinco ideias inovadoras

Daniel Fernandes

20 de setembro de 2011 | 15h19

Daniel Fernandes

Durante a apuração das matérias que publicamos no caderno e no site do Estadão PME é possível concluir que a inovação está, antes de mais nada, na atitude do empreendedor. Confesso que achava conversa dos analistas. Afinal, parece tão difícil inovar. É preciso tanto para superar a concorrência.

Em três meses de imersão no projeto Estadão Pequenas e Médias Empresas, preciso confessar, mudei de opinião. Por isso, resolvi fazer uma lista de negócios – grandes, médios e pequenos – que inovaram com muito pouco. Empresas que inovaram a partir de uma percepção, de uma ideia.

Camisas de futebol
Os empreendedores donos da Liga Retrô, site que vende modelos antigos de camisas de futebol, inovaram a partir da percepção do consumidor. Todos nós, fanáticos torcedores de arquibancada, sempre admiramos os uniformes antigos dos times, aqueles sem patrocínio e que remetem ao tempo em que o futebol era considerado mais romântico, menos comercial. Começaram a produzir e vender essas camisas. Não deu outra: sucesso!

Benefícios aos funcionários
Às vezes, uma empresa faz o mesmo que muitas outras. Mas o estímulo aos funcionários é tamanho que a empresa ganha um importante diferencial em relação aos concorrentes. É exatamente essa a história da Acesso Digital. Ela faz o que outras fazem: digitalização de documentos. Mas os empregados do negócio, se atingem suas metas, ganham viagens para o exterior. Com tudo pago pela empresa.

Redes sociais
Recentemente, o Magazine Luiza anunciou que venderá produtos pelo Facebook. A ferramenta funcionará, ainda, para uma pequena gama de produtos. Mas a iniciativa, a primeira do genêro no País, tem tudo para ganhar espaço e, dessa forma, ampliar o já expressivo faturamento da empresa. Na mesma linha segue o Grupo Multi. Especializada em ensino, a rede lançou uma rede social chamada WeSpeak. O aluno se cadastra e pode treinar o idioma inglês. A iniciativa tem tudo para decolar.

Pizza no almoço
E o que falar da iniciativa do empresário  Domingues Freitas, que pretende vender pizzas na hora do almoço e, dessa forma, criar um diferencial importante em um dos setores mais concorridos da economia paulistana. A iniciativa ainda não saiu do papel. Quando saiu, tem tudo para garantir boas vendas ao empreendedor.

Como vimos, cada vez mais percebemos que a inovação não precisa de dinheiro. É preciso criatividade!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.