Você largaria os estudos se descobrisse que ganharia bilhões no futuro?

Daniel Fernandes

18 de novembro de 2014 | 14h42

Michael Dell
Encare essa pergunta como se ela fosse um exercício de ficção, que de fato é. Imagine que se fosse, com 20, 21 anos, pudesse enxergar o futuro e, com isso, descobrisse que ganharia milhões, bilhões. Você largaria os estudos?
É óbvio que grandes empreendedores jamais tiveram a capacidade de prever o futuro – ou não. Talvez Steve Jobs e Bill Gates tenham tido essa capacidade em algum momento de suas vidas…
…enfim.
O curioso é que ao cruzar a lista de empreendedores bilionários da Forbes com o ano que eles largaram os estudos, uma outra pergunta aparece: será que o empreendedor precisa mesmo de tanto estudo? Ou só não precisa quem é gênio?
O assunto é polêmico e já mereceu, aqui neste espaço, um ótimo texto do professor Marcelo Nakagawa, do Insper. O professor mostra no post detalhes sobre as inteligências múltiplas e conclui: todo grande empreendedor aprende rápido.
Seja como for, esses empreendedores aprenderam rápido…pelo menos a ganhar dinheiro! Veja a lista
Michael Dell, fundador e CEO da Dell
Deixou a escola aos 19 anos e seu patrimônio líquido é de US$ 21,7 bilhões
Bill Gates, fundador da Microsoft
Deixou os estudos aos 20 anos e acumula hoje patrimônio de US$ 82,3 bilhões
Evan Williams, um dos fundadores do Twitter
Também abandonou os estudos aos 20 anos; patrimônio avaliado em US$ 2,5 bilhões
Mark Zuckerberg, ajudou a criar o Facebook
Faz parte do grupo que deixou os estudos aos 20 anos; e também é bilionário: US$ 32,7 bilhões
Larry Ellison, fundador da Oracle
Acumula patrimônio líquido de US$ 51,9 bilhões e deixou os estudos aos 20 anos
Travis Kalanick, CEO do Uber
Acumula patrimônio de US$ 3 bilhões e abandonou os estudos um pouco mais ‘velho’, aos 21 anos.
 

Tudo o que sabemos sobre:

Blog do EmpreendedorEstadão PME

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.