Sonho realizado: Eisenbahn é a nova cerveja oficial da Oktoberfest

Daniel Fernandes

21 de outubro de 2014 | 06h14

Na quarta-feira passada, dia 15 de outubro, a Prefeitura Municipal de Blumenau anunciou a Brasil Kirin como vencedora do edital de licitação para se tornar a cervejaria oficial da Oktoberfest a partir do ano que vem até 2020. E, para surpresa de muitos, que apostavam no anúncio da Schin como substituta da Brahma, a multinacional japonesa declarou que a Eisenbahn será, durante estes seis anos, a cerveja oficial da segunda maior festa alemã do planeta.
A Eisenbahn já não é mais nossa desde maio de 2008, quando a vendemos para o Grupo Schincariol – que, anos depois, seria comprada pela japonesa Kirin. Mas a notícia da semana passada nos encheu de orgulho. Não poderia ser diferente: é um grande sonho realizado ver o empreendimento que criamos ser elevado a esse status.
Quando começamos a construir a Eisenbahn, lá por 2002, esse já era um dos nossos grandes objetivos. Tanto que, logo no primeiro ano de existência da fábrica em Blumenau, nos reunimos com o prefeito na época solicitando um espacinho, um quiosque que fosse, na Oktoberfest.
Demorou três anos, e em 2005 a festa blumenauense finalmente abria espaço para a Eisenbahn e outras cervejarias artesanais que surgiram na região do Vale do Itajaí. Até então, quem visitava a Oktober só tinha uma opção: cervejas comerciais que não seguiam, nem de perto, a Lei da Pureza Alemã.
Quase dez anos se passaram e as cervejas artesanais locais continuam sendo elemento essencial na Oktoberfest de Blumenau. Desde que entrou na festa, a Eisenbahn foi proporcionalmente a cerveja mais vendida (se compararmos com o volume e espaço então dedicado à Brahma no local).
A escolha da Brasil Kirin foi certeira. Colocar a marca Eisenbahn, uma cervejaria nascida em Blumenau e premiada internacionalmente, como bebida oficial da festa, vai fortalecer muito sua posição no mercado, além de dar à nossa Oktoberfest um charme a mais (na nossa humilde opinião de pais da criança).
Bruno e Juliano fundaram a Cervejaria Eisenbahn, um pub inglês em Blumenau e agora, à frente da Alimentos Pomerode, trabalham na criação de uma marca de queijos especiais. Escrevem todas as terças aqui no Blog do Empreendedor.
 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: