Sem desculpas

Daniel Fernandes

16 de julho de 2013 | 09h18

Não fique esperando por uma ideia brilhante. Se quer empreender,  comece imediatamente



Muitas pessoas têm vontade de empreender, mas não empreendem. Falam que a ideia de um negocio inovador ainda não apareceu.
Minha resposta para elas é: isso não é desculpa. É raro se ter uma ideia para um negocio inovador quando você está fazendo outra coisa. Não é que nem em desenho animado em que a “luzinha” acende na sua cabeça quando você está parado no trânsito ou tomando banho.
Para os que querem empreender, a coisa mais importante é começar. Mesmo sem uma ideia certinha e definitiva do que vai ser o seu negócio. Pegue uma indústria que você goste, alguma coisa que você veja que pode ser melhorado e parta daí. Mesmo que você a principio esteja fazendo algo que já existe sem nenhum diferencial.
Com o tempo, e pensando no seu novo negocio  o tempo inteiro, as ideias começarão a aparecer. Se você gosta do mercado infantil por exemplo, construa um e-commerce. Sim, já existem milhares de e-commerces de roupas infantis por aí. Mas assim que você mergulhar de cabeça no negócio você vai perceber que alguma coisa está faltando em alguns, que você pode focar em um nicho que ninguém está olhando, que a sua distribuição pode ser diferente, e quando você para, observa que tem uma coisa única, uma ideia que ninguém mais teve.
Outro exemplo é pegar um problema que você sabe que existe, mesmo que você não tenha uma ideia formada de como resolver. Eu estava no aeroporto esperando as minhas malas na ultima viagem e pensando: “deveria haver um jeito melhor, eu não deveria ficar esperando a minha mala aqui durante 1 hora, depois de ter ficado 15 horas dentro do avião e mais um tanto na imigração”.
O problema está aí, na cara de todo mundo. A pessoa que resolver se dedicar, a estudar como este processo funciona pode achar um jeito de quem sabe resolver o meu (e com certeza de muitas outras pessoas) problema.
Quanto mais você se envolve em uma indústria, mais fácil fica entender as ineficiências e as oportunidades. As vezes vendo de fora, você tem uma visão simplista de que algo deveria ser diferente e que existe uma ineficiência no processo. Mas quando você passa a conhecer mais a fundo os processos percebe que a solução não é tão simples, envolve mais recursos e mais tempo do que você imaginava. Nós não sabemos o que não sabemos, dizem que se soubéssemos o que iríamos enfrentar na vida de empreendedor, poucos se aventurariam. Mas é por isto que surgem as inovações.
Comece o seu negócio, mesmo sem saber exatamente o seu diferencial. Planeje o suficiente para tomar riscos calculados, mas não tente fazer um plano de negócios com centenas de cenários. Eu aposto que a realidade não estará em nenhum deles. Comece pequeno, teste as suas hipóteses, converse com outros empreendedores e com as pessoas do seu mercado.
Devagarzinho as ideias vão aparecer para você também e você vai ter o seu negócio único.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: