Qual impressão você deixa no cliente? Alegria, tristeza, satisfação?

Daniel Fernandes

31 de janeiro de 2013 | 08h58

Adriane fala sobre crescimento da empresa e desafios

Todo empreendedor deseja crescer e ganhar mercado, ter novos clientes, ficar conhecido por aquilo que faz.
Como fazer isso sem perder seus clientes antigos? Estou tentando achar a fórmula.
Quando comecei era apenas eu. Durante meses trabalhei sozinha. Fazia tudo. Atendia clientes, enviava propostas, pagamentos de contas…um sufoco. Até que não deu mais para tocar tudo sozinha. Agora tenho uma equipe. Pequena ainda. Estamos contratando mais gente.
Não pretendo parar de atender os clientes. Pelo contrário. Estarei sempre presente. Mesmo que em visitas esporádicas. Quero ver de perto como está nosso atendimento. Acho isso fundamental para o negócio dar certo. É o aprendizado constante, do dia a dia.
::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
:: Facebook ::
:: Google + ::

O atendimento ao cliente tem de ser impecável. Isso é mais importante até do que o serviço em si, não tirando a importância que o serviço merece receber do empreendedor. Mostrar que está interessado em atender bem, em fazer o seu melhor, saber ouvir o cliente já um ótimo começo. O resto flui. Se você domina o que faz, melhor ainda. Temos que ouvir mais e falar menos. Devemos estar sempre prontos para atender e fazer o nosso melhor.
E você, qual impressão você deixa no seu cliente?
 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: