Por que Jobs era tão cruel com os funcionários da Apple?

Daniel Fernandes

18 de fevereiro de 2015 | 10h19

Steve Jobs ficou conhecido por sua capacidade (enorme) de criar produtos absolutamente fantásticos, muitos deles inovadores a ponto de ‘obrigarem’ o usuário a transformar a sua maneira de escutar música (iPod) ou acessar a internet (iPhone). Mas Jobs era igualmente conhecido – principalmente nos corredores da Apple – por seu jeito pouco amistoso, para dizer o mínimo, de lidar com suas equipes de trabalho.
Relatos sobre o comportamento do líder da Apple brotam na internet. E uma pesquisa rápida traz muitas dessas situações que se tornaram, para o desespero de alguns, em rotina. Uma resposta para esse comportamento de Jobs, entretanto, acaba de surgir com a recente entrevista concedida por Jonathan Ive à revista norte-americana The New Yorker.
Para quem não conhece, Jony Ive é vice-presidente sênior de design da Apple e assumiu papel fundamental na condução da companhia após a morte de Jobs, de quem era amigo próximo.
::: Leia também :::
Jobs não seria contratado por 90% das empresas hoje
A relação de Steve Jobs com o suco de cenoura
O mentor que inspirou o fundador da Apple
2014 foi o ano em que lembramos de Jobs
Essa proximidade talvez tenha concedido a Ive o privilégio de receber uma das respostas mais sinceras a respeito do que motivava Jobs a ser tão direto com os funcionários da Apple. De acordo com a reportagem, Ive certa vez questionou Jobs a respeito desse comportamento ao notar colegas arrasados com os ‘feedbacks’ nada gentis do chefe.
A resposta de Jobs a Ive foi mais ou menos essa: ‘Por que você iria ser vago’. O argumento de Jobs era que ser ambíguo nessas respostas era uma forma de egoísmo. E ele continuou: ‘Você não se importa como eles se sentem. (quando é ambíguo) você está sendo vaidoso, você quer que eles gostem de você’
A resposta de Jobs foi simples, mas absolutamente complexa e que revela um traço muito marcante de sua personalidade. Mas você, como você conduz esse tipo de relação na sua pequena empresa. Conte para nós nos! comentários.
Daniel Fernandes é editor do Estadão PME

Tudo o que sabemos sobre:

Estadão PME; Blog do Empreendedor

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.