O grande impacto do pequeno

Daniel Fernandes

08 de outubro de 2015 | 07h27


O assunto já foi muito bem abordado nesta semana no blog do Marcelo Pimenta (link aqui), mas quero voltar a destacar a importância da campanha Compre do Pequeno que o SEBRAE realizou no dia 5 de outubro.
É uma ação sensacional e inédita, de ampla abrangência nacional, e com potencial de transformar a forma como o consumidor se relaciona o comércio de rua, do bairro, do entorno, da comunidade. Convido você a visitar o site e conferir as ações que ainda estão acontecendo, seja você dono de um pequeno negócio, consumidor ou apoiador (link aqui).
Eu me sinto totalmente identificado com as metas e objetivos levantados pelo SEBRAE nessa campanha, e no nosso negócio também abraçamos esta causa, pois somos apaixonados pelos bairros em que atuamos, pelos nossos vizinhos. Adoramos ser “loja de rua”, no qual os clientes nos chamam pelo nome.
Grande parte da filosofia de trabalho do Pastifício Primo é que cada loja tem uma produção própria, não apenas para atender aos pedidos personalizados da vizinhança, mas também para evitar deslocamentos e logística complexa. Menos deslocamentos pela cidade, mais economia, menos poluição. É simples e faz todo o sentido.
Clique na imagem para ver um vídeo.

Os 5 pilares do Compre do Pequeno para o Consumidor
É PERTO DA SUA CASA. É tão comum ter a padaria da esquina, o mercadinho do bairro, a borracharia, a lanchonete, a loja de calçados e uma infinidade de outros produtos e serviços sempre pertinho de casa, que nem percebemos como os pequenos negócios fazem parte da nossa vida, tornando o nosso dia a dia mais fácil e simples.
É RESPONSÁVEL POR 52% DOS EMPREGOS FORMAIS. Os pequenos negócios são a base da nossa economia. Somam mais de 10 milhões, entre microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte. Além de 4,2 milhões de produtores rurais. Juntos, são eles que mais geram empregos no Brasil. Isso faz muita diferença para milhões de trabalhadores que tiveram o primeiro emprego em um pequeno negócio e para milhões de brasileiros que sustentam suas famílias a partir do trabalho em uma pequena empresa.
O DINHEIRO FICA NO SEU BAIRRO. Comprar do pequeno negócio local faz que o dinheiro fique no bairro, criando novas oportunidades, como geração de empregos e melhor distribuição de renda. Além disso, comprar do pequeno negócio na vizinhança resulta em menos deslocamentos pela cidade, menos estresse no trânsito, menos poluição ambiental. Isso também é qualidade de vida!
O PEQUENO NEGÓCIO DESENVOLVE A COMUNIDADE. Pequenos negócios valorizados movimentam o comércio local e promovem o desenvolvimento social. Ao comprar da pequena empresa, o consumidor ajuda os pequenos negócios a se fortalecerem. Isso estimula a empresa a inovar, a melhorar o seu desempenho, a diversificar a oferta de produtos e serviços, a atender melhor o cliente.
COMPRAR DO PEQUENO É UM ATO TRANSFORMADOR. O consumidor tem o poder de escolha. Eleger o pequeno negócio na hora da compra ajuda a fortalecer esses segmentos e impulsiona a economia. Portanto, a sua decisão de comprar dos pequenos negócios é um ato que pode transformar o país: ganha o pequeno negócio, ganha o consumidor, ganha o cidadão, ganha o Brasil.
Em resumo: o pequeno negócio faz uma grande diferença na engrenagem que movimenta a economia, além de ser uma ferramenta próxima e acessível para fazer uma grande revolução.
Ou, como dizem os americanos: small is beautiful.
Ivan Primo Bornes – encara todo dia o desafio de crescer se mantendo pequeno.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: