O futuro dos negócios de impacto das periferias será debatido em fórum

O futuro dos negócios de impacto das periferias será debatido em fórum

A Articuladora de Negócios de Impacto da Periferia irá compartilhar seu modelo de atuação e o posicionamento no ecossistema de negócios de impacto social; O evento acontecerá no dia 11 de agosto em São Paulo

Maure Pessanha

03 de agosto de 2022 | 10h00

O movimento de empreendedorismo social tem se fortalecido nas periferias do País e mostrado a potência inovadora de muitos brasileiros e brasileiras; nos territórios, essas pessoas estão protagonizando iniciativas reais de inclusão produtiva e de empregabilidade.

Sabemos que os desafios de empreender no Brasil são enormes, mas vejo emergir ações concretas de apoio a essa nova visão para a geração de renda digna para os cidadãos. Uma liderança forte dessa nova construção de futuros – economicamente e socialmente inclusivos – é a Articuladora de Negócios de Impacto da Periferia (ANIP), que completa quatro anos. Para celebrar a data e reportar aprendizados e reflexões, a iniciativa realizará o Fórum Criando Pontes 2022, em 11 de agosto, no auditório da Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo.

O evento é gratuito e não há pré-requisitos para participar. Foto: @danilo.alvesd/Unsplash

A jornada da ANIP está sendo construída por muitas mãos. São pessoas e organizações de diferentes elos do ecossistema; empreendedores e empreendedoras; espaços dedicados à formação; mentores; facilitadores de formações; equipe de gestão; e voluntários que acreditam em uma ação conjunta para transformar realidades, substituindo a escassez pela abundância de caminhos e oportunidades nos próprios territórios. 

O evento será uma oportunidade para que a ANIP compartilhe seu novo modelo de atuação e o posicionamento no ecossistema de negócios de impacto social. Será um momento para que ela divida, também, os principais aprendizados dessa coalizão formada por A Banca, Artemisia e FGVcenn.

Os negócios apoiados ao longo dessa trajetória também terão palco para falar sobre os avanços nesse rico e desafiador processo de empreender nas periferias. Uma parte importante da programação, na minha opinião, será o debate sobre as motivações e o contexto para que pessoas e organizações se juntem em prol de um ecossistema de negócios mais humanizado. 

Haverá uma escuta ativa da voz daqueles que estão inseridos nos contextos das periferias do Brasil. Ouvir essa voz e valorizá-la é uma importante chave de leitura para entender não apenas as dores do nosso País, mas também a potência da resposta cotidiana, criativa e ativa que dão à desigualdade social. Será um momento histórico! As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link.

* Maure Pessanha é empreendedora e presidente do Conselho da Artemisia, organização pioneira no fomento e na disseminação de negócios de impacto social no Brasil.

Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.