Não considere o franchising como um conto de fadas

Não considere o franchising como um conto de fadas

Alguns negócios têm promessas infundadas e declaram ser o que não são; veja cinco reflexões antes de se lançar como franqueado ou franqueador

Ana Vecchi

03 de setembro de 2021 | 11h52

Procurar por uma marca para investir ou pensar em franquear o seu negócio requer estudos e pesquisas que tendem a começar em sites de busca e das empresas do setor escolhido, conversas com conhecidos e com especialistas. Em função dos projetos que realizo, pesquiso empresas para investir como sendo candidata a franqueada ou como parte de um grupo investidor analisando mercado e/ou como consultora de negócios pesquisando oportunidades a apresentar para investidores.

Não vou detalhar todos o tipos de pesquisas a serem feitas, pois o importante aqui é trazer os sinais de alerta do quanto as pessoas se enganam ou querem ser enganadas. As promessas são infundadas, os prêmios recebidos e declarados por algumas empresas não existem, uma vez que algumas entidades citadas não chancelam nem premiam. Algumas dão cursos apenas, outras, mentorias, outras faliram e sumiram do mercado, infelizmente.

Não me surpreende a falta de verdade de quem quer parecer o que não é. De quem não cumpre o que promete, de quem faz o oposto do que recomenda e busca qualidades nos que comporão sua rede ou seu business. Me assombra a venda nos olhos de quem não lê o que está escrito nem interpreta as entrelinhas.

Deve-se pesquisar bem sobre a franquia antes de fechar o negócio. Foto: Unsplash/@wildlittlethingsphoto

Por que um empresário precisa dizer que foi premiado se inúmeros que não o foram são verdadeiros sucessos? Como correr o risco de informar a premiação de determinada marca ou instituição que não premia, certifica ou chancela? Ao pesquisar setor, mercado e marcas, há que se pesquisar o CNPJ e, agora, os prêmios também. Saber que alguns prêmios e selos não existem e não se tornar parceiro, franqueado, sócio ou fornecedor daquele empresário é, por si, um grande prêmio!

Os novos empreendedores que surgiram nestes dois últimos anos talvez não tenham tido espaço, tempo nem vontade de participarem de premiações. Mas tiveram raça e gana para vencer, construir história e inspirar. Mostraram erros e acertos. E este biênio serviu para vermos que ego não traz dinheiro ou sucesso. Que a sorte se mostrou por meio de horas de trabalho em todas as instâncias. Que as redes de franquias, que nasceram ou expandiram entre 2019 e 2020, serão premiadas e se tornarão perenes devido à visão de negócios de todos os envolvidos nelas. Todos, sem exceção.

Profissionalismo, visão de rede, transparência e gestão de processos são algumas das premissas de um franchising de respeito. Que respeita e não engana quem está vulnerável a se apoiar em castelos de areia.

Confira a seguir cinco reflexões fundamentais antes de escolher uma franquia ou de se lançar como franqueador:

Candidatos a franqueados

  • Saiba o que você quer, o que procura e no que se baseia para escolher um negócio.
  • Avalie quanto você projeta o sucesso de um franqueador sobre você: “o carro que ele tem, um dia vou ter também.” Com 1 a 10 lojas apenas, não terá!
  • Para que suas expectativas, ao escolher uma franquia, sejam atendidas é fundamental conhecer o histórico da marca, do(s) empresário(s), dos executivos da empresa, grau de satisfação dos franqueados e se todos os prêmios divulgados em apresentações são reais.
  • Leia tudo que está escrito nos materiais de venda de franquia, busque as informações nos mínimos detalhes, questione e duvide antes de confiar.
  • Pergunte-se que expectativa você tem sobre um negócio. Se é qualidade de vida; não prestar mais conta a quem quer que seja; ser dono de seus horários; mandar e não ter que obedecer; trabalhar menos; desestressar de tudo que carregou até hoje – algo mais que vá nesta linha de raciocínio, não compre nada, não tenha negócio próprio – independente ou franquia.
  • Tire um ano sabático! Está na moda e pessoas de sucesso, com dinheiro aplicado, fazem isso e se tornam instagramáveis! Se você der estas respostas a uma equipe de venda de franquias e te disserem que você tem o perfil ideal, denuncie! Fuja deles. Você foi sincero e eles não!

Candidatos a franqueadores

  • Saiba o tamanho de sua responsabilidade sobre terceiros.
  • Ter meia dúzia de unidades de negócios, em operação, não o torna conhecedor profundo do que requer a gestão de uma rede franqueada de investimento e comprometimento.
  • Todas as franqueadoras, um dia, tiveram uma história simples, de sonhos e sem prêmios. Quadros na parede, templates de apresentação e vídeos institucionais impressionam quem acredita que assim se prova o sucesso. Mas, não os que serão capazes de construir o real histórico dos sonhos.
  • Veja o que alguém escreveu sobre você, sua empresa, seu histórico. Pode ser que este alguém tenha se enganado e errado a mão. Não pague este mico!
  • Pergunte-se que expectativa você tem ao escolher franquia como um modelo de negócio. Ter uma rede franqueada com a sua marca. Se for porque não tem capital para expandir com filiais; acha melhor ter franqueados do que gerentes; o investimento vem de 3ºs que são os maiores interessados no ROI; vão obedecer a suas regras pré-definidas e dá para escalar, agressivamente, tendo uma estrutura enxuta, sistemas e que na internet há modelos de COF e Contrato, assim como uns manuais que dão uma ideia de como você pode adaptar ao seu negócio, você não tem ideia da dor de cabeça que você está buscando em sua vida. Pior que nó nas tripas de cavalo. Já viu isso? Se não, veja no You Tube e repense o modelo de negócio!

* Ana Vecchi é consultora de empresas, CEO na Ana Vecchi Business Consulting, professora universitária e de MBAs, pós-graduada em marketing e com MBA em varejo e franquias. Atua no franchising há 28 anos em inteligência na criação e na expansão de negócios em rede.

Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo. Se quiser apenas receber notícias, participe da nossa lista de distribuição por esse link ou digite @canalsuacarreira na barra de pesquisa. 

Tudo o que sabemos sobre:

EmpreendedorismoFranquiafranchising

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.