Missão impossível dar certo?

Daniel Fernandes

18 de agosto de 2015 | 07h18


Semana passada  tive a oportunidade de apresentar a ideia da Certificação para o pessoal da Incubadora de Negócios da ESPM-SP. Inclusive gostaria de agradecer e parabenizar pela iniciativa. Se tivéssemos mais estruturas como esta conseguiríamos ajudar mais empresas a começarem corretamente o seu negocio, com orientação, mentorias. Isso é uma das coisas que mais senti falta quando abri meu negócio. Você precisa ir para  direita ou esquerda, precisa tomar a decisão todo momento, às vezes acerta, às vezes erra. Se tem alguém te ajudando pode ter certeza que o resultado final é totalmente diferente e muito melhor.
Na conversa com eles ficou claro a mudança de direção do negócio ao primeiro business plan montado. Novamente, o papel aceita tudo. Na prática, o jogo é diferente. Essa flexibilidade é muito importante, pois o negócio é algo vivo e dinâmico. Existem variáveis controláveis e incontroláveis, você tem que segurar a vela do seu barco e seguir em frente.
Nesta nova geração existem muitos negócios intangíveis. Engraçado, diferente de 20 anos atrás quando comecei como empreendedor. Inclusive, acho difícil de serem mensurados, como exemplos os aplicativos, App’s, alguns muito interessantes e com certeza  lucrativos, outros sem sentido.
Acredito ser fundamental quando um empreendedor for criar um produto ou serviço, é extremamente importante ele entender quem é o seu público-alvo. Será que alguém compraria aquele produto/serviço? Qualquer negócio vai demandar tempo e dinheiro de investimento, portanto quanto maior o seu grau de assertividade, maior será a sua possibilidade de fazer o negócio crescer e acontecer.
Existem nichos de mercado com certeza, como artigos de luxo para um público muito segmentado, mas para isso você terá que ter o produto fantástico, com a uma qualidade excelente e um investimento altíssimo em marketing.
Quando você conhece realmente o que vai fazer, estudou afundo, se aprofundou, testou, fez virar verdade, pesquisou, meteu a mão na massas,  você se torna seguro até para ser o próprio dublê como faz Tom Cruise em seus filmes ‘Missão Impossível’. Este exemplo vale ser analisado, pois ele estuda com a equipe milimetricamente as cenas de ação e faz a maior parte delas pessoalmente.
Será que ele arriscaria a sua vida se não  estivesse  seguro das suas informações? Ele estuda as possibilidades de dar errado, se precavendo antes que elas aconteçam. É isso que devemos fazer no nosso negócio, tem que ser muito bem estudado e analisado diariamente para nos antevermos aos problemas que podem surgir.

Tudo exige preparo e treinamento. O maior problema das micro empresas quando abrem é que focam em departamentos como vendas ou produto e esquecem da retaguarda, do departamento financeiro, da contabilidade, dos impostos, do estoque, dos desperdícios. A comparação é com um time de futebol: todo mundo se preocupa só com o zagueiro em fazer gol, mas esquecem do goleiro. Você pode até fazer 5 gols, mas se levar 10 perdeu a partida!
Recebi este post semana passada no Facebook e adorei. Resolvi compartilhar. Vamos a prática, entrar na arena para jogar, fazer acontecer, trocar a informação pelo conhecimento.

Para mostrar a necessidade de preparação para ser especialista em sua área, seguem alguns concursos que comprovam isso.
->ADVOGADO: 5 ANOS DE FACULDADE + PROVA DA OAB
->MÉDICO: 6 ANOS DE FACULDADE + RESIDÊNCIA DE 3 ANOS
-> UNIVERSITÁRIA: PROVA DE VESTIBULAR
-> PILOTO DE AVIÃO: 150 HORAS DE CURSO TEÓRICO + 250 HORAS PRÁTICAS
-> MOTORISTA TÁXI: 50 HORAS DE CURSO PARA AUTORIZAÇÃO
-> FUNCIONÁRIO PÚBLICO: CONCURSO PÚBLICO
-> MOTORISTA: PROVA TEÓRICA + PROVA PRÁTICA
-> EMPREENDEDOR: PAGAR UMA TAXA DE  R$ 2 MIL E  CONTRATAR  UM CONTADOR
Será que não seria necessário fazer um Curso de Preparação para ser Empreendedor vivenciando realmente o dia a dia de uma empresa, com o grau de dificuldade que é administrar um negócio em vez de simplesmente abrir um CNPJ?
SERGIO BERTUCCI : MBA na vida de Empreendedor com muitos acertos e erros; já são 20 anos, quase quebrei 2 vezes, uma por falta de pedido e outra por um pedido muito grande. Sócio-fundador da STAR THINK UNIFORMS, membro Internacional da ENDEAVOR, com muita vontade de poder ajudar os Empreendedores a fazerem direito e crescerem o seu negocio.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.