Livre do câncer, Bruce Dickinson mostra como nunca o que gosta de fazer: empreender

Daniel Fernandes

15 de maio de 2015 | 15h22

A maioria de nós entende o conceito da seguinte frase: ‘Ele sente prazer em trabalhar’. Ou sua variação: ‘O trabalho é um prazer, não é obrigação’. Em algum momento, todo mundo já escutou essa frase. Mas é difícil materializar esse conceito nos dias de hoje onde temos obrigação de estudar, estudar, estudar, trabalhar, trabalhar, trabalhar, enriquecer, enriquecer, enriquecer…e não conseguir gastar.
Mas de vez em quando a vida nos apresenta uma materialização perfeita do conceito. Foi exatamente o que aconteceu hoje. Por meio de sua página oficial no Facebook, a banda de rock pesado Iron Maiden anunciou que seu vocalista, Bruce Dickinson, está livre do câncer que o acometeu recentemente.
O comunicado apresenta algumas frases atribuídas ao artista. Ele agradece ao corpo médico ‘fantástico’ que cuidou de sua saúde. Diz que o período foi difícil para ele e a família e diz que sua atitude positiva em relação ao mundo o ajudou a superar a doença. Mas a frase que me chamou a atenção foi a última: ‘Neste exato momento, eu me sinto extremamente motivado e não posso esperar para voltar aos negócios como sempre, assim que possível’.
Perceberam? Talvez no momento mais significativo, mais importante, de sua vida, Bruce lembra dos negócios. Não apenas da banda que ele ajudou a transformar em uma das mais importantes de seu tempo, mas da cerveja que já se tornou famosa no mundo e de todos os outros empreendimentos que transformaram o Iron Maiden em uma empresa de sucesso.
É por isso que a banda de Bruce continua tendo fãs. E não apenas clientes.
Daniel Fernandes é editor do Estadão PME

Tudo o que sabemos sobre:

Blog do EmpreendedorEstadão PME

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: