'Fazer muitos planos pode desencorajar você a empreender'

Daniel Fernandes

13 de dezembro de 2012 | 08h12

Para Adriane, ideia deve ser colocada em prática


Foi a partir de uma necessidade própria que tive a ideia de criar a Nannydog. A proposta surgiu em 2010, quando precisei do serviço de babá e foi muito difícil de encontrar. Percebi aí uma oportunidade de mercado. À época, com viagem marcada, a ideia teve que esperar um pouco. Quando retornei, em outubro de 2011, resolvi colocá-la em prática.
O primeiro passo foi procurar no Registro.br se o domínio que eu queria para a minha empresa estava disponível. Feito o registro, coloquei o site no ar com apenas uma página, estática, com a foto de um dos meus cães chamando a atenção para serviços especiais para os animais.
::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
:: Facebook ::
:: Google + ::

Incluí também um anuncio no Google falando sobre os meus serviços. Já no segundo dia recebi a primeira ligação, à noite, de uma cliente solicitando o serviço de cuidados com filhotes. No dia seguinte, estava lá cuidando de um Pug muito fofo de quase três meses de idade.

A partir daí percebi que o negócio daria certo. Estabeleci um escritório e procurei uma agência para desenvolver a identidade visual da Nannydog, incluindo site, papelaria, uniforme dos funcionários, cartões de visita e alguns brindes para levar na primeira visita.

Também procurei um parceiro em nutrição. A empresa escolhida foi uma que já conhecia há anos e sabia da sua qualidade e credibilidade no mercado.

Acredito que quando se tem uma ideia, você deve correr para colocá-la em prática. Não pense muito nos detalhes. O dia a dia vai mostrando a você qual é o melhor caminho. Caso contrário, sua ideia nunca sairá do papel. Fazer muitos planos pode desencorajá-lo!

Nosso time de blogueiros:

Segunda-feira: Pedro Chiamulera
Fundador da ClearSale, empresa que combate fraudes na internet.
Terça-feira: Renato Steinberg
Ao lado do sócio, Flávio Pripas, ele criou o Fashion.me, primeira rede social de moda do mundo.
Quarta-feira: Juliana Motter
Ela criou um dos negócios mais originais do País atualmente, a loja Maria Brigadeiro.
Quinta-feira: Adriane Silveira
Ela começou faz pouco tempo a empreender. Mas a Nanny Dog ganhou espaço por conta do serviço de babá para cães que a empresária oferece aos interessados.
Sexta-feira: Marcelo Nakagawa
Ele atua como coordenador do Centro de Empreendedorismo do Insper. Ele será responsável pela análise dos assuntos mais comentados na semana pela equipe de empresários.
 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.