E quando o Super-Homem vai de bicicleta para o trabalho…

Daniel Fernandes

03 de abril de 2014 | 06h34

Rafael Mambretti, da Carbono Zero Courier, escreve as quintas
Quem já leu ou estudou artigos sobre empresas, mercado e administração deve ter ouvido falar na palavra ‘macroambiente’. Para resumir (e bem), macroambiente é tudo que acontece fora do seu negócio, da sua empresa e que, muitas vezes, você não tem influência. Por exemplo, as leis.
Na criação do nosso humilde empreendimento – intitulado Carbono Zero Courier -, percebíamos que o macroambiente estava indo em direção ao que estávamos construindo, ou seja, um mundo mais preocupado com o planeta, as pessoas mais preocupadas com o impacto que estão causando na natureza, com os tipos de produtos que consomem etc.
::: Leia todos os posts de Rafael Mambretti :::
O que não contávamos é com um movimento cada vez mais forte (e necessário) do uso da bicicleta como meio de transporte, isso foi bônus e dos bons! Normalmente, quando o macroambiente caminha na direção do teu negócio, do teu mercado, é o mesmo que velejar e o vento estar na mesma direção que você quer ir. Tudo é mais fácil.
::: Leia mais notícias sobre empreendedorismo :::
Essa semana fomos fazer um post em nossa página do Facebook, ideia de quem vos escreve, fazendo referência as cenas finais do filme ‘Man of Steel’, o filme mais recente do Super-Homem. Como fã de gibi de super-herói, ao ver o fim do filme, achei espetacular o Homem de Aço chegando de bicicleta para trabalhar no Planeta Diário (sem spoilers!). O cara podia ir voando ou correndo (tão rápido quanto o The Flash), mas não! Ele escolheu ir pedalando, assim como eu (Yes!).
Quem realmente escolheu colocar o Super-Homem pedalando foram as pessoas responsáveis pelo filme, para gerar identificação com um perfil cada vez mais crescente. Para mim, foi o elo que liga o macroambiente com o que estamos (constantemente) empreendendo, fiquei feliz e com o sentimento de estarmos no caminho certo!
Leve em conta o macroambiente do seu negócio/projeto, e fique atento aos elos que surgem ao longo do tempo. Ajudarão você a direcionar o barco, conforme o vento.
 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: