Diversifique, mas sem perder sua identidade!

Daniel Fernandes

30 de setembro de 2014 | 06h00

Imaginar outras possibilidades de negócio é uma tarefa que buscamos exercitar constantemente. Diversificar é uma estratégia clássica para aumentar o faturamento de um empreendimento e, em momentos de crise ou dificuldades, ajuda muito a equilibrar as contas: se um produto começa a ir mal, outros podem melhorar.
Você pode tanto criar novos produtos, uma atividade que adoramos fazer, mas também revender produtos de outras empresas. Neste caso, a regra crucial, para nós, é que nos identifiquemos com o produto, e que ele traga sinergia para a empresa, para a marca.
Este mês, começamos a revender três produtos alimentícios que já vínhamos apreciando há algum tempo: os sucos 100% naturais da Suco e Só, do Paraná, as trufas de chocolate Bal-Négre, desenvolvidas pela Alsace Food Excellence, de Blumenau, e o mel da empresa MelMandala, de Minas Gerais. Acreditamos muito na qualidade destes produtos, gostamos da identidade visual deles, e temos certeza de que eles vão ajudar a Alimentos Pomerode a crescer.



Dentro dessa estratégia, em julho anunciamos a troca do nome da empresa Laticínios Pomerode, que adquirimos em 2013, para Alimentos Pomerode. Com isso, queremos ir além dos derivados de leite, expandindo o horizonte criativo da empresa e, também, diluir os custos com nossa rede de distribuição e vendas ao entregar mais produtos com praticamente as mesmas despesas logísticas.
Claro que estamos contando os dias para lançar os primeiros queijos especiais da Vermont, nosso grande sonho, e nos dedicamos muito às vendas da nossa linha de queijos fundidos. Mas isso não nos impede de trabalhar com esses outros produtos que se integram ao nosso objetivo de comercializar alimentos de qualidade.
* Bruno e Juliano Mendes escrevem toda semana no Blog do Empreendedor

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: