Devemos ou não mostrar aos americanos que somos brasileiros?

Daniel Fernandes

15 de janeiro de 2013 | 08h16

Renato fala sobre uma dúvida sua como empresário

Uma das coisas que sempre discutimos no Fashion.me é se devemos mostrar que somos do Brasil no nosso site americano.
A visão que nós temos do País não é a mesma que os norte-americanos têm de nós. A primeira impressão quando perguntamos isto a qualquer brasileiro é de que não devemos mostrar, já que a cultura deles é bem diferente e que existe um ‘preconceito’ contra o Brasil lá fora: temos vergonha de mostrar o que somos.
Quando perguntamos para os norte-americanos, por outro lado, eles dizem que sim, que devemos nos orgulhar de sermos brasileiros.
Para eles, o Brasil é um lugar divertido, relaxado, bonito e com um dos povos mais acolhedores e bonitos do planeta. É exatamente assim que queremos que o usuário sinta-se quando entrar no nosso site.
::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
:: Facebook ::
:: Google + ::

Ao tentar esconder a nossa cultura, acabamos ficando com um site que não é exatamente norte-americano, mas também não é brasileiro e que por isso não tem appeal. Ao invés disso, nós abraçamos a nossa origem e convidamos os norte-americanos a experimentarem.
Eu não estou dizendo que agente deve colocar bandeira na capa do nosso site, ou pintar ele de verde e amarelo, mas sim usar o nosso jeito de ver o mundo, o nosso jeito de escrever, as nossas idiossincrasias.
Claro que temos que customizar um pouco o site para os norte-americanos também, afinal, eles estão acostumados com um jeito de usar a web que às vezes é diferente do nosso.
Abraçar as nossas origens e a nossa cultura pode ser o que nos diferencia dos demais. Todo mundo sabe que os produtos da Apple são ‘designed in California’ e que os sapatos da Prada são ‘Made in Italy’. Isso diz muito sobre estas marcas.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: