Como garantir a gestão eficaz do seu negócio? Veja 5 dicas valiosas

Como garantir a gestão eficaz do seu negócio? Veja 5 dicas valiosas

Para ter sucesso empresarial, é preciso exercitar a liderança diariamente e disseminar valores e conceitos aos colaboradores, diz especialista do Sebrae-SP

Redação

05 de novembro de 2019 | 16h01

Por Claudia Aparecida Brisolla de Barros, consultora do Sebrae-SP

A gestão em qualquer empreendimento visa atingir resultados para as partes interessadas. Esses resultados ocorrem por meio dos processos e das pessoas e para as pessoas. Para obter sucesso empresarial é preciso exercitar a liderança diariamente e neste sentido a comunicação tem papel fundamental de integração, pois é a partir dela que valores e conceitos são disseminados, gerando o engajamento de colaboradores e parceiros, a estruturação e a melhoria de práticas de gestão.

Resumindo e simplificando, seguem algumas dicas para garantir uma gestão eficaz:

  • Dica 1 – Invista no seu conhecimento

Quer fazer sua empresa decolar? Invista no comandante. Faça uma autoavaliação e reflita sobre o seu comportamento empreendedor. Você sabe quais são as características de um empreendedor de sucesso?

A principal diferença entre o perfil do empreendedor e dos demais é a maneira de perceber as mudanças do mercado e a forma como age nos momentos de decisão, aproveitando as oportunidades. Busque informações e procure melhorar a sua capacidade empreendedora. Afie o machado sempre.

  • Dica 2 – Escreva o seu futuro e faça sua própria sorte

Tenha constância de propósito, conecte-se com pessoas alinhadas aos seus valores, estabeleça objetivos e metas. Pense grande, mesmo começando pequeno. Seja persistente. Mude a rota se precisar, mas não o alvo. Não tenha medo de mudanças. Aprenda com os erros. Não reinvente a roda.

Tome decisões baseadas em dados e fatos. Pense a longo prazo. Execute e monitore. Controle o desempenho. Busque ferramentas de gestão e vise resultados para todas as partes interessadas no seu negócio. Sem planejamento a sua empresa fica à mercê do destino. Não fique apagando incêndios.

Para uma boa gestão do seu negócio, não venda sapatos, venda o prazer de caminhar. Foto: Pixabay

  • Dica 3 – Não ofereça coisas

Não ofereça sapatos, ofereça a comodidade para os pés e o prazer de caminhar. Ofereça um produto ou um serviço que resolva um problema do cliente ou de um segmento de mercado. Tenha foco. Descubra e desenvolva formas únicas de se relacionar com o seu cliente. Faça pesquisas de mercado para saber onde é viável investir. Teste. Faça diferente da concorrência. Entenda o seu modelo de negócios e esteja disposto a inovar sempre.

  • Dica 4 – Pessoa certa no lugar certo

Avalie como anda a liderança e o trabalho em equipe na sua empresa. Independentemente do porte ou em se tratando de empresas familiares, boas práticas de gestão de pessoas devem ser adotadas para captar, desenvolver e reter talentos. Tomando emprestada a analogia feita por Jim Collins, reconhecido consultor em­presarial, se a empresa fosse um avião, o comandante deveria ter as seguintes prioridades: embarcar as pessoas certas e desembarcar as erradas; colocar as pessoas certas nos lugares certos; definir a rota junto com estas pessoas e acompanhar em equipe todo o processo.

O empreendedor que reconhece as “pessoas” como sendo o grande diferencial e se preocupa com a satisfação delas aumenta a capacida­de de aproveitar as pessoas no que elas têm de melhor, posicionando-as nos lugares certos, aumentando consideravelmente a produtividade delas e sua motivação para o trabalho.

  • Dica 5 – Organize-se!

Esse é mais um dos principais pontos de atenção que o pequeno e o médio empreendedores devem ter em mente para garantir uma gestão eficaz do seu negócio: a necessidade de organização. A organização é fundamental para você poupar tempo.

Um sistema de gestão pode lhe ajudar nesta tarefa. Não fique apagando incêndios. Documente suas atividades, não descuide de suas finanças e tenha dados e informações para analisar o andamento da empresa e tomar decisões estratégicas.

Tendências: