Como conquistar medalhas nos negócios

Daniel Fernandes

18 de agosto de 2016 | 13h22

O assunto da hora é a Olimpíada no Rio de Janeiro. E não é à toa que esse monte de gente competindo pelo ouro nos fascina. Humanos que somos, adoramos o espetáculo, o drama, a sorte, o azar, a glória, o sangue e o suor dos que estão jogando o tudo ou nada.
Convido os empreendedores a olhar com atenção o que está em jogo para estes atletas, pois me dou conta do quanto o empreendedorismo é parecido com o esporte. Sobretudo, nas exigências e na trajetória. Aqueles 30 segundos muitas vezes escondem 4 ou 8 anos de preparativos e treinamentos.

Esse assunto me cativa e serve como fonte inesgotável de inspiração para a superação de desafios. O princípio de tudo é uma simples decisão: vou me dedicar a ser atleta, vou me dedicar a ser empreendedor. E, a partir daí, seguem as semelhanças.
Se segura que lá vem mais uma de minhas listas:
1. É preciso se preparar. Treinamento, planejamento, qualificação e muito suor precedem qualquer um dos dois caminhos.
2. É preciso perseverar. Existem percalços, quedas, dores, dificuldades, derrotas em qualquer das trajetórias. E, por conta deles, muitos ficam para trás. Para chegar a uma Olimpíada ou numa empresa bem-sucedida, é necessário ser resiliente (e um tanto teimoso).
3. Há de se contar com um tanto de sorte.
4. É necessário estar acima da média.
5. É preciso desafiar previsões, opiniões, críticas.
6. Quando se está quase lá, tudo ainda pode dar errado.
7. É necessário ter controle emocional.
8. No caso de trabalho em equipe, sintonia é fundamental, direção, coesão.
9. Há de se ter um certo senso de sacrifício, privação e heroísmo.
10. Sempre é bom ter um bom coach, um mestre ou um inspirador.
Quem vence, é olhado com admiração e até inveja  – que nem sempre compreende toda privação para chegar até lá. Quando se consegue chegar ao sucesso/medalha, a comemoração dura pouco. Em seguida, é preciso começar tudo de novo.
Ivan Primo Bornes – o fundador e masseiro do Pastifício Primo escreve toda semana no Blog do Empreendedor. Quer fazer uma pergunta? Receber uma dica? Escreva para  ivan.primo@pastificioprimo.com.br

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: