Ainda dá tempo de ser perfeito

Daniel Fernandes

01 de outubro de 2014 | 07h06

Leo Spigariol, da De Cabrón, escreve toda quarta-feira
Bom, não existe nada melhor do que terminar o dia com sensação de missão cumprida. Ser uma referência no seu segmento é algo para poucos. Mas isso deveria ser uma meta de todos que resolvam empreender. Busque a perfeição. Seja um incansável detalhista e insatisfeito pelo padrão.
Eu tenho a grande sorte de ter dois sócios assim, os Marcelos: Marcelo Ruis, meu sócio na Laika Design, um sujeito extremamente crítico, questionador e eternamente insatisfeito – no bom sentido – sempre persegue a certeza que o próximo projeto precisa ser melhor do que o anterior. E o Marcelo Prado Filho, meu sócio na DE CABRÓN e responsável pelo desenvolvimento e produção da fábrica dos molhos de pimenta. Às vezes, ele beira a loucura com suas obsessões pela busca da perfeição. É dolorido. Sem dúvida, mas é fundamental para alcançarmos patamares de admiração em nossos segmentos de atuação.
Tempo e budget nunca podem servir de desculpa para a realização deficiente de quaisquer projetos. Mesmo que o tempo seja escasso, vire-se para realizar o milagre da multiplicação das horas. Na era do mundo polifônico e com a informação volátil na palma das mãos, o culto aos detalhes pode determinar a sobrevida ou a morte do seu negócio.
Vivemos uma grande overdose coletiva. Tenho aprendido muito com essa dupla de Marcelos nesses anos todos. E só assim você consegue, após um apresentação de projeto, depois de muito esforço e dedicação um feedback como: fazia tempo que não via projetos tão legais como esses. Ou: seus molhos são incríveis. Desde o design até a complexidade do sabor. Como você entrega seu serviço? Como você entrega seu produto?
Um simples atendimento telefônico pela sua secretária pode dizer muito sobre sua empresa. Em um restaurante talvez o banheiro possa dizer muito mais como você se importa com o conforto de seus clientes, que simplesmente servir um bom prato. Quer coisa mais desagradável que usar um banheiro sujo? Em seu restaurante você só limpa seu banheiro antes de começar os serviços? Agora pense: você não poderia fazer melhor? A perfeição existe mas não é um lugar, é uma busca incessante, ininterrupta. Vá a luta. Ainda dá tempo.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.