Agosto está chegando e 2º semestre promete crescimento no franchising

Agosto está chegando e 2º semestre promete crescimento no franchising

Segundos semestres tendem, historicamente, a ser melhores, com mais datas festivas, culminando no Natal; para empreender com franquias, no entanto, é preciso estar atento, veja dicas

Ana Vecchi

30 de julho de 2021 | 11h01

Segundo dados do IBGE e pesquisas de entidades reconhecidas, o PIB cresceu 1,2% no primeiro trimestre e tem havido aumento nas vendas em vários setores. Ainda não temos os dados consolidados do 1º semestre, porém acompanhando várias pesquisas e análises vejo números melhores se comparados aos mesmos meses de 2020.

No franchising, não tem sido diferente, com números positivos, apesar dos impactos causados, pela pandemia, na economia. O primeiro trimestre teve um saldo de quase 2% de novos negócios.

As projeções para 2021, divulgadas pela Associação Brasileira de Franchising em junho, preveem um aumento de faturamento na ordem de 8% em relação a 2020, expansão de 5% no número unidades, o que significa maior oportunidade de negócios para quem quer investir em franquias e/ou trabalhar nelas, já que há projeção de outros 5% na geração de empregos.

Unidade da rede Megamatte: incremento em vendas online

Unidade da rede Megamatte: incremento em vendas online. Foto: Divulgação

O varejo de produtos e serviços, em seus diferentes segmentos, apresenta crescimento, lógico que com as diferenças percentuais conforme os setores e comportamento de consumo. Há o que vendeu bem mais, em 2020, pela necessidade dos consumidores, em função do aumento e pico da pandemia. O oposto ocorreu devido às restrições, sabemos disso. Estamos voltando a um cenário que pode equilibrar estes altos e baixos.

Segundos semestres tendem, historicamente, a ser melhores, com maiores vendas, mais datas festivas, culminando com o Natal e o objetivo da expansão de franquias a serem inauguradas antes dessa data. Portanto, quem pretende empreender com franquias está planejando esta opção de investimento. Empresas estão em pleno estudo de viabilidade e formatação de seus negócios para expandir .

Porém, há de se preocupar com o preço a pagar, pelas escolhas a serem feitas:

1. Candidatos a franqueados: não cedam às pressões que empresas fazem como estratégia de vendas de franquias: inúmeras ligações, mensagens por WhatsApp, vídeos, depoimentos gravados de franqueados felizes, indicação de franqueados para saber se estão satisfeitos com suas operações, agendas de reuniões para o mesmo dia ainda que o/a responsável esteja com a agenda lotada.

Alertas: Ninguém promove gravações ou lista de contatos de quem está infeliz com a franquia. Agenda lotada, mas sempre surge a oportunidade de falar hoje ou amanhã – na real, a agenda não está lotada ou há vários(as) “responsáveis”.

2. Franqueadores: franquia é um modelo de negócio estruturado e formatado, tendo por base um histórico de acertos, ajustes e, consequente, sucesso. Não desconsidere o ano de 2020 na DRE, pois ele faz parte do histórico e situações a serem ponderadas devido à pandemia. Não considere, ou acelere, a expansão, considerando a taxa de franquia para fazer caixa: não sustenta a gestão de uma rede franqueada. Escalar, crescer a qualquer custo, pode gerar a quebradeira de uma série de famílias franqueadas e, por consequência, a franqueadora.

Então, é assim: há projeção de índices positivos e já os estamos vivendo. Podemos promover o aquecimento da economia com a força do bom franchising. Vamos fazer um segundo semestre saudável: máscaras, distanciamento, mãos desinfetadas, saúde, trabalho, investimentos conscientes, gestão sustentável e respeito a todos, em todas as instâncias!

#partiusegundosemestre!

* Ana Vecchi é consultora de empresas, CEO na Ana Vecchi Business Consulting, professora universitária e de MBAs, pós-graduada em marketing e com MBA em varejo e franquias. Atua no franchising há 28 anos em inteligência na criação e na expansão de negócios em rede.

* Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo

Tudo o que sabemos sobre:

EmpreendedorismofranchisingFranquiaVarejo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.