A vida não é a Netflix, não tem o Waze para te guiar e nem um Uber a te esperar.

Daniel Fernandes

06 de maio de 2016 | 07h58


Uma das minhas maiores felicidades é poder escolher os meus caminhos e contribuir para que outras pessoas também escolham os seus.
Daí nada mais natural do que incluir a discussão do tema felicidade nas minhas aulas de empreendedorismo. Afinal, por que empreender se não for para se sentir mais feliz?
Mas a felicidade em si não é (e não deveria ser) um objetivo, mas o caminho para isto. Mas qual deveria ser este objetivo, então? A psicóloga Betina Silvestri entrevistou 277 empreendedores e executivos brasileiros (em sua tese de doutorado) para responder esta questão.
Para alguns, sucesso é ter conquistas materiais. Se este for o seu, ótimo. Não se sinta pior, ou melhor, do que outros que buscam objetivos diferentes. Uns estão atrás de poder, status, realização e/ou reconhecimento público. Se for um objetivo legítimo seu, fique tranquilo com isso. Outros querem independência, estabilidade, segurança e/ou equilíbrio pessoal e profissional. Há pessoas que se sentem mais felizes construindo relacionamentos, contribuindo para o negócio, aprendendo, se tornando mais responsáveis e/ou percebendo que estão crescendo profissionalmente. Por fim, há um número crescente de pessoas que acreditam que sucesso pessoal é inovar ou realizar seu propósito pessoal.
Pode parecer simples escolher um, dois ou três objetivos que orientarão nosso sucesso pessoal, mas não é. E, de repente, descobrimos que a nossa vida não é a Netflix em que assistimos ao filme que queremos no momento em que desejamos. De que não há um Waze que nos levará aos nossos objetivos e muito menos um motorista do Uber que fará isto por você.
A felicidade começa pela definição do que entendemos por sucesso pessoal e esta pergunta o Google não tem uma resposta pronta para cada um.
Mas quando descobrimos nossos objetivos pessoais mais verdadeiros, nos tornamos empreendedores de nós mesmos. E empreender é poder escolher os nossos caminhos!

Marcelo Nakagawa é Diretor de Empreendedorismo da FIAP

Tudo o que sabemos sobre:

Blog do EmpreendedorEstadão PME

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.