A empresa de uma pequena cidade que quer conquistar o mundo

Daniel Fernandes

24 de junho de 2015 | 09h04

Leo Spigariol escreve toda quarta-feira no Blog
Dar risada à toa. Fazia tempo que não tinha essa ótima sensação. E ontem (última terça-feira, dia 23)  foi desses dias que há um bom tempo não experimentava, digo, com a risada e o riso na alma. Agenda cheia e cabeça a mil logo ao abrir os olhos. Ultimamente, a necessidade de adaptação às mudanças do mercado vem crescendo a passos largos. E as cobranças também.
Mas a primeira notícia que recebo logo cedinho foi: duas peças publicitárias criadas pela agência África do Rio de Janeiro tinham levado leão bronze no Festival de Cannes. WOW!
Lá trás, quando imaginamos criar a DE CABRÓN, me questionava por que uma empresa em uma cidade de aproximadamente 43 mil habitantes no Brasil não poderia ter um produto admirado nos quatro cantos do mundo? Por que isso não é possível? Quem acompanha o blog já deve ter visto eu abordar esse tema algumas vezes.
No mês passado, abordei o tema em minha palestra no InPreendi, em Assis – evento bacana em que empreendedores engajados da região organizam para estimular e inspirar o empreendedorismo. Essa boa nova do prêmio veio para renovar as energias e confiança do time, afinal, ganhar um leão nesse festival é mais uma prova que estamos construindo algo único.
E, por falar em algo único, preciso agradecer toda equipe da agência África Rio pelo inquestionável talento e meus sócios na fábrica, e claro, meu amigo e sócio na Laika, Ruis Vargas. Foi ele quem me ensinou muito do que sei sobre o que é construir uma marca de verdade e me ajudou – e ajuda todos os dias. Seu senso crítico sempre foi, por mais doloroso para muitos, sua melhor forma de amar e mostrar o quanto seu conhecimento é capaz de fazer a diferença.
Obrigado, Ruis. Esse leão também é seu.
Veja as peças premiadas

 

 
 

Tudo o que sabemos sobre:

Blog do EmpreendedorEstadão PME

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.