50 aprendizados práticos para ajudar os empreendedores

50 aprendizados práticos para ajudar os empreendedores

Fábio Costa de Souza, consultor do Sebrae-SP, compartilha uma série de insights que reuniu ao longo dos dez anos de atuação na entidade, onde já realizou 1,8 mil consultorias

Redação

15 de julho de 2021 | 09h00

Por Fábio Costa de Souza, consultor do Sebrae-SP

Durante dez anos de atuação como consultor de negócios no Sebrae-SP, já realizei 1,8 mil consultorias. Costumo falar que se trata do maior Laboratório de Gestão do Brasil. Nesse período de muitos aprendizados e em contato com pessoas que buscavam a abertura da própria empresa e muitos donos de pequenos negócios, reuni uma série de insights que acredito que são valiosos para esse público.

Listo, a seguir, 50 aprendizados e acredito que esse guia não vai parar de crescer.

Estratégia, vendas, mercado

1. Toda empresa nasce, cresce, amadurece e morre (sem exceção). Esse ciclo está cada vez mais curto.

2. As duas maiores vantagens da pequena empresa são: 1) agilidade e 2) proximidade com cliente, minimamente exploradas.

 3. Somente o propósito não ganha o campeonato, precisa de alta dose de gestão.

4. Como sair da briga de preço? Estratégia “L”: Passo 1: Como apresentar seu produto e serviço para o cliente. Passo 2: Como se diferenciar dos concorrentes.

5. 2C´s: Clientes e Concorrentes – informação vital, desde o plano de negócio, mudança de mercado ou expansão da empresa.

6. Velocidade é importante para quem tem direção. Por isso, “a melhor hora de consertar o telhado, é quando não está chovendo”.

Conhecer bem clientes e concorrentes é fundamental para o negócio. Foto: Unsplash/@adeolueletu

7. Empresa atual versus empresa ideal = planejamento estratégico + execução.

8. Setor organizado tende a ganhar dinheiro, setor desorganizado sofrerá.

9. Ferramentas caseiras = resultados caseiros. Ferramentas profissionais = resultados profissionais (Caio Ito).

10. Caçar coletivamente, no atacado e digitalmente (Paulo Cereda).

11. Grandes Projetos tendem ao fracasso. Dividir em etapas (José Julio Pereira).

12. 3 níveis de planejamento: pessimista, conservador e otimista. Acrescentado o quarto nível, imprevisível (exemplo: pandemia).

Pessoas, liderança, atitude

13. Pessoas estão envolvidas em 100% das despesas e 100% das receitas, portanto, gerencie brilhantemente as pessoas.

14. O último recurso de um bom gestor é a demissão.

15. Liderança não é concurso de popularidade.

16. Cuidar do jardim (95% no operacional/execução/dia-a-dia) e gerenciar a floresta (5% no estratégico/gestão/planejamento), não 100% x 0%.

17. A pequena empresa tem o domínio no ato da venda com o cliente, mas precisa prospectar constantemente e ativamente.

É preciso haver um alinhamento entre as lideranças e bom relacionamento com pessoas dentro e fora da empresa. Foto: Unsplash/@wocintechchat

18. A força que move o mundo é atitude. Por isso, a explicação do empreendedorismo está no CHA (Conhecimento, Habilidade e Atitude). Esses três elementos combinados geram a pequena empresa de sucesso.

19. Meta gera comportamento.

20. Existem quatro tipos de funcionários: 1) não veste a camisa, 2) veste a camisa e não transpira, 3) veste e transpira e 4) veste a camisa e vira pele.

21. Empenho não é desempenho (Andrea Clemente).

22. Três funções do(a) proprietário(a): 1) tomar café com as pessoas, dentro da empresa 2) relações públicas, fora da empresa e 3) gerenciar resultados e não conflitos.

23. Nesses dez anos, observei mais empresas quebrarem por desentendimento dos sócios do que pela falta de dinheiro ou cliente.

Operação, processos, agilidade

24. Simplicidade é o nome do jogo, resumir a empresa em uma página.

25. Os processos precisam ser mais fortes do que as pessoas.

26. “Não coloque todos os ovos na mesma cesta”. No caso da pequena empresa, não depender de poucos clientes, fornecedores, produtos e funcionários.

27. Não cuidar das formigas e deixar o elefante passar na sala. Como? Ter processos e indicadores.

  • Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo

28. Como organizar seu time na empresa? Montar o seu Lego (Organograma).

29. Fazer gestão do processo, não gestão do detalhe (Gustavo Schiavone).

30. O maior problema na gestão da equipe é a passagem de bastão de tarefas entre os funcionários.

31. Criar integração total entre: pessoas + operação + finanças + vendas.

Finanças, economia, indicadores

32. As três prioridades diárias do(a) empreendedor(a): 1) quanto entrará de dinheiro 2) quanto sairá de dinheiro e 3) O que tem que ser feito para ficar no azul/positivo.

33. Conjugam muito o verbo vender, devem conjugar melhor o verbo lucrar.

34. “Só ganha o jogo quem acompanha o placar” (Vicente Falconi).

35. Separar PF x PJ em finanças, gestão do tempo, recursos e na rede social.

36. Tudo que for feito para apoiar o empreendedorismo (capital, clientes e capacitação) é pouco.

Pequenos empreendedores precisam adotar recursos para separar as contas entre pessoa física e jurídica. Foto: Unsplash/@amoltyagi2

37. Dinheiro é importante para quem sabe o que faz. Seja no momento de dívida, de investimento ou na gestão diária do fluxo de caixa.

38. A empresa precisa de dinheiro em dois momentos: no início e na expansão. Fora isso, a empresa deve gerar caixa e não ficar refém dos empréstimos.

39. Preço = despesas fixas + despesas variáveis + lucro.

40. Contabilidade e o contador são vitais para o sucesso da sua empresa.

41. 90% das pequenas empresas não tinham dinheiro no início do seu negócio. Tinham motivação, resiliência e exagerada atitude.

Inovação, tecnologia, digital

42. Gestão é: o arroz, feijão e a mistura. Inovação é a sobremesa.

43. ERP (Software de Gestão) ou “Empresa com Resultado e Planejamento”, somente 30% das empresas utilizam os valiosos benefícios do ERP.

44. Transformação digital é o Wi-Fi do futuro. Como está o sinal de Wi-Fi da sua empresa?

45. Tecnologia da porta para dentro gera eficiência e da porta para fora: divulgação, prospecção e vendas.

46. A empresa é digital, mas a gestão é humana (Paulo Cereda).

47. Utilizar um sistema CRM imediatamente. Contatos no WhatsApp/telefone é comunicação, não pós-venda, relacionamento e fidelização.

48. Redes sociais é a nova indicação boca a boca (viral) da pequena empresa.

49. Para realmente entender, aplicar e ter resultado com marketing digital na sua pequena empresa, sigam o Alexandre Giraldi.

50. Tecnologia + redes sociais + marketing digital + marketplace é a verdadeira democratização das pequenas empresas no mundo dos negócios.

Tudo o que sabemos sobre:

EmpreendedorismoSebraemarketing

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.