ESTADÃO PME » » notícias

Ideias| 21 de julho de 2012 | 10h 58

Feijoada orgânica e vegetariana é sucesso em empresa de marmita paulistana

Entrega de pratos começou para amigos e familiares e resultou na criação da empresa em Higienópolis

GISELE TAMAMAR, ESTADÃO PME

Victor Sanches/Divulgação
Victor Sanches/Divulgação
Feijoada entra no cardápio aos sábados

Abobrinha, cenoura, tofu defumado, bife de soja, tiras de coco, acelga, talo de salsão, beterraba e feijão preto. Tudo acompanhado de couve e farofa de aveia. Pode parecer estranho, mas esses são os ingredientes da marmita de feijoada orgânica e vegetariana que faz mais sucesso na Comida & Consciência. A empresa começou sem grandes pretensões, com as amigas Sofia Dobbin e Cássia Janeiro, ambas de 48 anos, cozinhando para amigos e familiares. Com o sucesso dos pratos, a dupla resolveu abrir uma empresa e estruturar as entregas.

"Não repetimos os pratos no mês, só a feijoada que tem todo sábado. Ninguém acredita que não tem carne. Fica incrivelmente gostosa sem alho, sem cebola. Tudo o que fazemos é temperado com ervas frescas", conta Cássia. As duas se conheceram após um curso de biopsicologia no Parque Visão Futuro, em Porangaba, e durante encontros para meditação coletiva.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
:: Facebook ::
:: Google + ::

Cássia é escritora e presidente do Instituto Visão Futuro de São Paulo. Sofia é aeromoça aposentada e culinarista. Com o amor pela culinária e o vegetarianismo em comum, elas resolveram colocar em prática as preferências. Juntas fizeram mais de 200 salgadinhos vegetarianos e orgânicos para a festa dos filhos de Cássia, Gabriel, de 26 anos, e Fernanda, 22 anos. "Todos gostaram do quibe de abóbora, do quibe de carne de soja e da coxinha de palmito", lembra Cássia.

Paralelamente, uma amiga, Marisa Antônia, resolveu optar pelo vegetarianismo, mas não tinha o dom culinário. Ao preparar os pratos, Cássia cozinhava para a família e fazia um pouco a mais para a amiga. Com o tempo, Marisa se propôs a pagar pelos pedidos.

Ainda na lista de amigos, o designer Victor Sanches fez o site da empresa e também ajudou a divulgar as marmitas. "Os clientes eram nossos filhos, a Marisa e o Victor. Eles foram indicando a empresa e os pedidos começaram a crescer", destaca Cássia.

Mas a dupla não está só preocupada em oferecer uma comida gostosa e saudável. "Nós duas seguimos uma linha espiritual. Temos uma preocupação com a origem do alimento que comemos e acreditamos que ele nutre fisicamente e espiritualmente. Quando cozinhamos, cantamos mantras", conta Cássia.

Quem quiser experimentar os pratos precisa fazer o pedido com um dia de antecedência pelo telefone ou pelo site. A refeição custa R$ 20 com taxa de entrega dentro de um raio de cinco quilômetros do bairro de Higienópolis, em São Paulo. Caso a entrega seja mais longe, será cobrada uma taxa a combinar. O cardápio da semana é divulgado no site.

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui