ESTADÃO PME » » notícias

Economia| 06 de agosto de 2012 | 11h 51

Endividamento atinge 50,9% das famílias paulistanas

Pesquisa da Fecomercio aponta cartão de crédito como principal dívida

ESTADÃO PME

Robson Fernandes/AE
Robson Fernandes/AE
Cheque especial é o quarto tipo de dívida mais comum entre os paulistanos

A alta confiança do consumidor, a manutenção favorável de emprego e renda e o crescimento da massa salarial contribuíram para o aumento do endividamento dos paulistanos em julho. No mês, 50,9% das famílias tinham algum tipo de dívida. O número é 3,6 pontos porcentuais maior em relação ao mesmo período do ano passado, quando o nível de endividamento foi de 47,3%.Na comparação com junho, quando o nível foi de 48,7%, a alta foi de 2,2 pontos, como mostra pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) divulgada nesta segunda-feira, dia 6.

::: Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
:: Facebook ::
:: Google + ::

O cartão de crédito é o principal tipo de dívida com 71,9%, seguido por carnês (14,8%), crédito pessoal (11,9%), cheque especial (7,5%) e financiamento de carro (6,9%).

Para a assessoria técnica da federação, a prorrogação da isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para linha branca, móveis, revestimentos e luminárias pode ter impactado no consumo das famílias. Mesmo com a alta, a Fecomercio avalia a situação como controlada e com espaço para crescer devido aos níveis de emprego e renda.

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui