ESTADÃO PME » » notícias

Inovação| 13 de fevereiro de 2012 | 9h 59

Empresa que criou um site de listas virtuais de presentes ganha reality show do Sebrae

Empresários terão consultoria durante um ano com técnicos da entidade

ESTADÃO PME

Agência Sebrae/Divulgação
Agência Sebrae/Divulgação
Casal identificou uma oportunidade de negócio na internet

 A Queroo.com venceu o reality show Lika a Boss, organizado pelo Sebrae durante a recente edição da Campus Party. A startup é um site em que os usuários podem criar listas virtuais de presentes. Os vencedores receberam dois Ipads e terão vinte horas por mês, durante um ano, de consultoria com técnicos da entidade.

Em entrevista para a Agência Sebrae de Notícias, o diretor técnico da entidade, Carlos Alberto Santos, afirmou que o empreendimento mostrou um preparo muito grande em relação à sua proposta de desenvolvimento e deverá avançar bastante em seu modelo de negócios.

A empresa Queroo.com é uma ideia do casal Alexandre Ferreira e Bruna Bittencourt, que casaram-se recentemente e não concordavam com as listas de presente convencionais de casamento. "Eu queria que o processo fosse rápido, fácil e divertido. No casamento, você faz muita coisa e não tem de se preocupar como e quando receber os presentes, como trocá-los etc", afirmou Bruna à Agêcia Sebrae.

No site vencedor do reality show, o interessado pode fazer listas de casamento, batizado ou aniversário. Mas o que faz a empresa ter potencial para dar certo? Confira abaixo e inspire-se a pensar em um negócio só seu!

1) Oportunidade
O site Queroo.com identificou uma oportunidade de negócio ao analisar como são 'quadradas' as listas de presentes habituais, em sua maioria oferecidas por grandes redes do varejo.

2) Ampliação
Além de oferecer apenas listas de casamento em outro formato, a Queroo.com ampliou os serviços oferecidos - o interessado pode formular listas para batizados e até para aniversários.

3) Mídias sociais
Parte da estratégia do site é permitiar ao usuário compartilhar sua lista nas redes sociais - Twitter e Facebook. O uso das redes sociais é apontado por especialistas, cada vez mais, como algo fundamental na estratégia de qualquer tipo de empresa, seja ela grande ou pequena.

4) Foco
Bruna, uma das criadoras da startup, informou que investiu R$ 50 mil no negócio. Mas a empresária sabe que para recuperar o investimento precisará chagar a 2 mil clientes ativos. Esse planejamento é fundamental para o empresário ganhar espaço e preparar a empresa para crescer.




Vídeos Relacionados





Notícias Relacionadas

» Mala ganha versão inteligente conectada com smartphone



Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui