ESTADÃO PME » » notícias

Economia| 22 de julho de 2012 | 9h 20

Empresa coloca à venda comida de astronauta e promete que o produto ajuda a emagrecer

Dieta lançada pelo Emagrecentro inclui refeições desidratadas, como estrogonofe e bacalhoada, e tem o astronauta Marcos Pontes como garoto-propaganda

GISELE TAMAMAR, ESTADÃO PME

Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE
Marcos Pontes é o garoto-propaganda do produto

Comida de astronauta, aquela desidratada e no saquinho é o lançamento do Emagrecentro, empresa do segmento de estética e emagrecimento. O garoto-propaganda do produto não poderia ser outro. O astronauta Marcos Pontes, primeiro brasileiro a visitar o espaço, estampa as embalagens da Dieta dos Astronautas. A expectativa da companhia é vender mil kits por mês.

O alimento passa pela liofilização, um processo de desidratação, mas que mantém o sabor e os nutrientes originais. Para preparar o prato, é necessário hidratar o produto com um pouco de água quente e esperar dois minutos. Para quem acha que o cardápio é restrito e sem graça, aí vem a surpresa. Estrogonofe, salmão ao molho de iogurte e até bacalhoada são algumas das opções oferecidas para ajudar a tornar a dieta mais atrativa.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
:: Facebook ::
:: Google + ::

De acordo com o médico fundador do Emagrecentro, Edson Ramuth, a intenção da empresa era chegar a uma opção de refeição balanceada de baixa caloria, simples, rápida de fazer, fácil de transportar e que não exigisse refrigeração. "Depois desse processo, chegamos aos alimentos liofilizados que são utilizados nas estações espaciais. Para se ter uma ideia, cada refeição antes da hidratação pesa cerca de 80 gramas. É muito leve, fácil de carregar e não precisa de refrigeração", conta Ramuth.

Entre as vantagens da dieta, o médico explica que esse tipo de alimento não tem conservantes ou sal, o que deixa a comida mais saudável. As refeições são compostas de uma porção de proteínas, uma de carboidratos e uma de verduras com 300 a 400 calorias no total.

Para os interessados, o kit custa R$ 360 e inclui 14 refeições, chás e cápsulas de fitoterápicos. A ideia da dieta é ajudar o consumidor a perder de um a dois quilos por semana, uma vez que ele substitui uma refeição normal de 800 a mil calorias por uma de 300 a 400 calorias. Os kits estão à venda nas unidades da empresa ou pelo site do Emagrecentro.




Notícias Relacionadas

» Empresa coloca à venda comida de astronauta e promete que o produto ajuda a emagrecer



Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui