ESTADÃO PME » » notícias

Oportunidade| 13 de setembro de 2012 | 13h 00

Curso com a participação da FIFA pretende preparar pequeno empresário para a Copa

Evento é focado em inovação, mas também em estímulo á competitividade entre os empreendedores

josé gabriel navarro, jt

Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE
Obras em estádios anunciam proximidade do evento

 O início da Copa do Mundo no Brasil ocorrerá em 12 de junho de 2014, mas micro e pequenos empreendedores já começaram a contagem regressiva para a vinda de turistas ávidos por produtos e serviços locais – e os estrangeiros exigirão serviços de qualidade. Por isso, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em São Paulo (Sebrae-SP) realiza na próxima terça-feira, dia 18, o workshop “Golear é Inovar”. A entrada é gratuita.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
:: Facebook ::
:: Google + ::


O objetivo do ciclo de palestras é estimular os empresários a inovarem e se tornarem mais competitivos, atraindo mais lucro durante o evento esportivo e também depois dele. “Queremos fornecer informações úteis não só quanto às oportunidades da Copa, mas para que se tenha um olhar mais preparado para os megaeventos”, diz o gestor estadual do Programa Sebrae 2014, José Bento Desie, referindo-se à Olimpíada de 2016 (que se realizará no Rio de Janeiro) e na Expo 2020, que pode ocorrer na capital paulista.

O evento conta com três participantes-chave. Um deles é a Federação Internacional de Futebol (Fifa, na sigla em inglês), responsável pela organização da Copa. Outro é a Globo Marcas, dona exclusiva dos direitos de licenciamento do campeonato de futebol em território brasileiro até o fim de 2014. Também estarão lá representantes da Visa, que falarão sobre pagamento eletrônico, importante para fazer transações com turistas de outros países.

“São Paulo já convive com grandes eventos há anos. Mas esse setor movimenta um número muito grande de cadeias produtivas, incluindo construção civil e tecnologia da informação, não apenas negócios de transportes e hospedagem, por exemplo”, diz Desie. Para completar essa proposta, o Sebrae vai lançar na ocasião o segundo volume do “Guia Tendências de Negócios e Perfil dos Consumidores para 2014”, que trata de como diversas áreas podem se aproveitar da Copa.

O consultor ressalta que não é interessante abrir uma empresa só por causa do evento esportivo. “Não incentivamos que se crie um empreendimento só por causa dos megaeventos. A Copa é superimportante, mas não olhe só ela, olhe para o que ocorre antes, durante e, principalmente, depois dela.”

Sucesso por acaso

Na Copa de 2010, uma ideia ampliou os ganhos da Embalagens Alvorada, fábrica que atualmente conta com oito funcionários na Vila Santa Isabel, zona leste de São Paulo.

“Faltando um mês para a Copa, a gente resolveu criar uma embalagem de sanduíche de metro comemorativa, com um emblema do mascote e umas estrelas. Foi uma surpresa”, conta o sócio Antonio Carlos Jacob, de 36 anos, que herdou com a irmã a empresa fundada pelo pai, há 40. De acordo com ele, durante o evento esportivo, 30% das vendas se concentram na embalagem comemorativa.

Jacob será um dos 800 empresários aguardados pelo Sebrae para participar do workshop. “Para a próxima Copa, quero algo mais elaborado. Vou fazer mais embalagens e outros produtos que se encaixem no ramo gráfico, como tabelas para jogos”, conta.

Saiba como se inscrever
Local: Auditório do Clube Atlético Juventus (Rua Juventus, 690, Mooca, São Paulo) no dia 18 de setembro, das 19h às 22h.

Inscrições: São gratuitas e podem ser feitas antecipadamente, pelos telefones 0800-570-0800 e 3717-0737, ou no próprio dia do evento, pois haverá também credenciamento no local. Das duas formas, é preciso apresentar o número do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui