ESTADÃO PME » » notícias

Empreendedorismo| 17 de agosto de 2012 | 13h 07

Comerciante fatura alto com água de torneira em Nova York

Água passa por uma espécie de superfiltro feito por encomenda, que custou ao empreendedor US$ 25 mil (cerca de R$ 50,5 mil)

Estadão PME

Reprodução
Reprodução
Inaugurada no bairro de East Village, endereço boêmio de Manhattan, loja vende água de torneira

Famosa por abrigar lojas de alimentos de nicho, a cidade de Nova York viu surgir em julho talvez o mais segmentado de seus empreendimentos comerciais: uma espécie de café, mas especializada em vender apenas garrafas de água. E ainda por cima de torneira.

Mas não é qualquer água, alerta o Adam Ruhf, o cofundador do Molecule, estabelecimento inaugurado no bairro de East Village, endereço boêmio de Manhattan. Região de artistas, músicos e estudantes.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::
:: Twitter ::
:: Facebook ::
:: Google + ::

Ruhf faz questão de ressaltar que seu produto é diferente de tudo o que existe por ai. Afinal, antes de ser envasado em garrafas de vidro de cerca de 500 mililitros e colocado à venda por US$ 2,50 (cerca de R$ 5), o produto passa por uma espécie de superfiltro feito por encomenda, que custou ao empreendedor US$ 25 mil (R$ 50,5 mil). O resultado, diz, é uma água extremamente pura.

“O sabor da água é pura... Ela é clara. Ela é leve. Ela é doce”, afirmou o fundador do café ao portal do The Wall Street Journal.

E como todo nicho ganha relevância quando acrescido de variações em seu portfólio, além da água de torneira superfiltrada, Ruhf tratou de idealizar alguns diferenciais extras.

No caso do Molecule, o empresário disponibiliza uma segunda linha do produto, turbinada com um coquetel de vitaminas. Os clientes podem escolher por incrementar a iguaria mineral com Vitaminas A, B, C, D e E. Ou misturar ao líquido uma seleção de raízes, ervas, frutas e cogumelos mistos, batizados de “Imunidade” e “Pelo, cabelo e unhas”.

“Nenhum dos produtos tem o gosto ruim. É uma espécie de Gatorade para praticantes de yoga”, afirma o empresário.

Estadão PME - Links patrocinados

Anuncie aqui